Biden desfaz ordem de Trump e mantém proibição a brasileiros nos EUA

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Na saída da presidência Donald Trump chegou a liberar a entrada de brasileiros, o que, na prática, teve efeito nulo com nova ordem de Joe Biden.

© Gage Skidmore

A medida de Trump já tinha expectativa de ser anulada, já que ele a assinou no dia 19, seu último dia como presidente, e nela própria falava que começaria a valer no dia 26, quando Biden já teria sido empossado a um bom tempo. Por seu lado, Biden já havia sinalizado que revogaria. E assim foi feito.

Passado todo o frenesi da chegada do novo ocupante da Casa Branca, e como já adiantado pelo porta-voz de Biden, o novo presidente optou por manter as restrições. Na ordem executiva, nomeada de “Promoção de segurança contra o COVID-19 nas viagens domésticas e internacionais”, Biden citou a nova variante do coronavírus encontrada no Japão, mas que teve sua origem no estado brasileiro do Amazonas.

Com isso, o Presidente proibiu a entrada de viajantes que estiveram nos últimos 14 dias no Brasil, Reino Unido, Área Schengen (boa parte da Europa + Suíça + Escandinávia), República da Irlanda e África do Sul.

As exceções são as mesmas de antes: quem é cidadão americano, possui Green Card, esposa ou marido de americano, irmão, pai, mãe ou guardião legal de um cidadão americano, ainda pode entrar sem restrições. Outras exceções incluem pessoas convidadas do governo americano, tripulantes de voo, pessoas a serviço de governos estrangeiros e também militares em serviço.

A medida tem validade imediata e só perderá efeito quando Biden publicar outra ordem executiva anulando esta. Não existe expectativa de mudanças nos voos entre os EUA e Brasil, já que a regra válida até agora é a mesma desta ordem publicada hoje.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias