Boeing 737-800 da Gol inicia um longo voo com destino à Jinan, na China

Como adiantamos com exclusividade na semana passada, a Gol Linhas Aéreas acaba de enviar o Boeing 737-800 de matrícula PR-GTN em uma longa jornada de voo rumo à China. O jato decolou ontem (12) de Belo Horizonte, fez uma parada na Ilha do Sal e se aproxima da Tirana, sua próxima escala, segundo dados do FlightRadar24. Antes de chegar a seu destino final, Jinan, na China, o 737 ainda fará uma escala em Almaty, no Cazaquistão.

A aeronave está com a empresa desde 2007 e a Gol foi sua única operadora até agora, no entanto, a empresa aérea entende que essa é a hora de entregá-la ao seu dono, uma empresa de locação. O voo, portanto, tem o objetivo de devolução. Ainda não há um novo operador anunciado para o jato.

Imagem: FlightRadar24.

Dados do RadarBox mostram que a aeronave esteve ativa na frota laranja até o final de fevereiro, quando foi trasladado para Belo Horizonte. De lá para cá, fez apenas um voo de testes no final de abril. Dados da ANAC mostram que a aeronave voou um total de 47.686 horas e teve 31.666 ciclos até ser armazenada.

A substituição de aeronaves mais antigas por jatos mais novos é parte da estratégia da Gol, já que há ainda muitos Boeing 737 MAX prontos para a entrega. Além disso, é oportuno para a empresa devolver aeronaves que estão com o contrato de leasing vencendo, num momento em que a demanda por viagens está fria, em razão da pandemia.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias