Raro Boeing 737 islandês vem ao Brasil trazer equipamentos para desencalhar navio da Vale

Um Boeing 737 cargueiro com registro islandês está trazendo equipamentos para ajudar a desencalhar o navio sul-coreano a serviço da Vale, na costa do Maranhão.

Boeing 737 Islandês
Boeing 737 da Bluebird Cargo traz equipamentos para ajudar no resgate do navio © Colin Cooke

O navio, batizado de Stellar Banner, pertence à empresa sul-coreana Polaris Shipping e estava levando 295 mil toneladas de minério do Brasil para a China, quando encalhou num banco de areia a 100km da costa do Maranhão.

Após encalhar, a embarcação tombou para o lado, em risco de naufragar, o que resultaria num acidente ambiental. Para evitar que isso aconteça, a Vale contratou especialistas em salvatagem para desencalhar o navio.

Navio Stella Banner encalhado na costa brasileira © Ministro Ricardo Salles

O equipamento destes especialistas já está a caminho do Brasil num 737-300F da empresa islandesa Bluebird Cargo, que pertence ao grupo Icelandair.

O jato de matrícula TF-BBG decolou de Reykjavík e atravessava o Canadá quando essa matéria foi escrita. De lá, o avião seguirá para Santo Domingo, na República Domicana, depois para Piarco, em Trinidad e Tobago, antes de finalmente rumar para São Luís no Maranhão.

Não conseguimos informações sobre o horário de chegada da aeronave no Brasil, mas é possível acompanhá-la pelo FlightRadar24, clicando aqui.

Rota total do Boeing 737 terá 9.931km de distância

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias