Boeing 737 MAX 9 recebe certificação da FAA

Imagem: Paul Weatherman photo (PRNewsfoto/Boeing).

A Boeing anunciou hoje que o novo 737 MAX 9 recebeu seu certificado de tipo pela agência reguladora da aviação dos Estados Unidos, a FAA, tornando-se oficialmente um avião certificado para operações comerciais.




A certificação marca o sucesso do programa de testes de voo que se iniciou em março de 2017 com duas aeronaves do modelo. O certificado da FAA comprova que o MAX 9 cumpre com as exigências regulatórias de operacionalidade, funcionalidade de sistemas e performance geral.

A Boeing está agora nos estágios finais de preparação do 737 MAX 9 para o cliente de lançamento, o Lion Air Group.

MAX 9 Parked Outside Renton Factory Doors

Com três fileiras de assentos a mais do que o 737 MAX 8, o modelo 737 MAX 9 é projetado para transportar até 220 passageiros com um alcance máximo de 3.550 milhas náuticas (6.574 km). Com mais de 4.300 encomendas para 93 operadores, a família 737 MAX incorpora os motores CFM International LEAP-1B, winglets de Tecnologia Avançada, o Sky Interior exclusivo da Boeing, entre diversas outras novidades no mercado de aeronaves narrowbody (de corredor único).

 
Informações pela Assessoria de Imprensa da Boeing.
 

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.