Boeing 737 MAX deverá ser liberado no Brasil ainda nesta semana

Após a liberação da agência de aviação civil dos EUA, a próxima a dar o aval para volta dos voos com o Boeing 737 MAX deve ser a brasileira ANAC.

A informação foi confirmada ao AEROIN pela própria agência brasileira, que no dia da liberação da FAA já havia afirmado que também estava próxima de concluir o processo, e agora reitera que a liberação “deve acontecer nesta semana”.

Apesar de ainda não confirmado pela GOL, são esperados em breve os voos dos sete 737 MAX 8 da empresa que estão parados no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte em Confins, onde se localiza o Centro de Manutenção da referida companhia aérea.

Voos de testes, entretanto, são permitidos pela ANAC, “desde que previamente programados dentro do programa de revalidação da aeronave ou para deslocamento técnico”, afirma a agência ao AEROIN. O procedimento também está sendo seguido por outros países, que permitiram translados e voos de testes, exatamente para que possam ser avaliadas as mudanças que estão sendo implementadas.

A GOL já vinha anunciando a expectativa de voltar a voar comercialmente com o seu modelo ainda em dezembro, mas, além da liberação da ANAC, tudo depende também da disponibilidade dos simuladores do MAX nos EUA, para retreinamento dos pilotos.

Além dos EUA, apenas o Panamá está com voos liberados do MAX, já que vinculou sua aprovação à da FAA, que deu o ok no último dia 18. Já a Europa deve liberar o jato da Boeing só no início do próximo ano:

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Combustível sustentável precisa ser o foco na retomada da aviação, afirma...

0
Um dos principais desafios do setor, afirma o secretário Ronei Glanzmann, é crescer sem aumentar a emissão de carbono na atmosfera.