Boeing 737 da Ryanair é apreendido na França

Passageiros da Ryanair passaram por uma situação desconfortável na quinta (8) quando o avião que iria levá-los de Bordeaux, na França, para Londres, na Inglaterra, foi apreendido pela polícia.




Avião Boeing 737 Ryanair

Os 149 passageiros já estavam na sala de embarque prontos para pegar o ônibus até o pátio para embarque remoto, quando a polícia local os informou do fato. A aeronave tinha sido apreendida como decisão do governo da França após uma dívida da companhia com a União Europeia.

A Ryanair foi condenada a devolver €525 mil (R$2,2 milhões) referente a subsídios considerados ilegais concedidos pelo bloco econômico europeu. O subsídio foi concedido inicialmente pelo governo francês, que desde 2014 tem tentado recuperar o dinheiro e enviou um aviso final em maio para a companhia.

Passados seis meses e sem resposta, foi necessário tomar uma medida drástica apreendendo o Boeing 737-800 da companhia. A aeronave só foi liberada no dia seguinte após a Ryanair pagar o que devia.

Mais tarde na quinta-feira os passageiros foram informados pela companhia que “existia um problema com a aeronave” e foi-lhes fornecido um voucher de €5,00 (R$21,00) para alimentação.

Os passageiros finalmente chegaram ao Aeroporto de Stansted em Londres apenas cinco horas depois, já em outro voo da Ryanair.

Exame errou: Ryanair não é a primeira a cobrar bagagem de mão

SKY recebe 1º A320neo e tem passagens do Rio para o Chile por R$180

Com informações da ABC News.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos