Boeing 747-8 fará sua primeira visita à São José dos Campos

ATUALIZAÇÃO 18/05: Pode haver uma troca de aeronave para o 747-400F

Após anos sem receber um Jumbo, a cidade de São José dos Campos no Vale do Paraíba irá receber novamente o Boeing 747, e em uma missão muito especial!

O Boeing 747-400F/8F operado pela russa AirBridgeCargo (ABC) do grupo Volga-Dnepr irá buscar o satélite sino-brasileiro CBERS-4 para a China.
A operação de paletização e aduaneira será feita pela Vision Log, uma empresa do Grupo Centaurea

O satélite é uma parceria entre a China e o Brasil. Foram quase dezoito meses para a montagem completa e verificação da estrutura, painel solar, sistemas e câmeras que, do Espaço, ajudarão o Brasil a contribuir para o desenvolvimento sustentável da Terra.

O CBERS-4A passou por testes vácuo-térmicos, de interferência e compatibilidade eletromagnéticas, vibração e acústica, entre outros, concluídos no final de abril. Em seguida, o satélite foi embalado e agora aguarda o embarque.

Este é o sexto satélite feito em parceria com a China – o primeiro foi lançado em 1999 – e resultado do primeiro acordo de cooperação em alta tecnologia entre dois países do Sul, firmado em 1988. No Brasil, o desenvolvimento do Programa CBERS (sigla em inglês para Satélite Sino-Brasileiro de Recursos Terrestres) cabe ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Satélite CBERS-4A após o ultimo teste de simulação espacial no INPE © INPE

fase de montagem, integração e testes (AIT) do CBERS-4A foi realizada totalmente no Brasil, nas instalações do Laboratório de Integração e Testes (LIT) do INPE, em São José dos Campos. Único laboratório do Hemisfério Sul capaz de integrar e realizar testes completos de satélites e seus subsistemas, o LIT/INPE simula todas as condições que o satélite irá enfrentar desde o seu lançamento até o final de sua vida útil no espaço.

Está prevista a chegada da aeronave na manhã do dia 27 deste mês. O pouso está programado para as 07h00. O avião será carregado e tem decolagem prevista para às 22h50 rumo ao Aeroporto de Tenerife Sul nas Ilhas Canárias onde faz uma parada para reabastecimento prosseguindo depois para Moscou e finalmente Pequim, onde chega no dia 30.

Os horários acima são de Brasília e estão sujeitos a alterações/atrasos. Segundo dados do portal SIROS da ANAC (antigo Horário de Transporte HOTRAN) foi pedido operação para o Boeing 747-8F, porém empresas envolvidas na operação informaram ao AeroIN que será um -400F. Continuaremos atualizando esta postagem de acordo com a confirmação do equipamento.

Retorno do Jumbo ao Vale do Paraíba

A última vez que um Boeing 747 esteve em São José dos Campos foi em 2007 com a TAAG. A aeronave 747-300 na configuração Combi (passageiro + carga) extendeu seu voo Luanda – Galeão ao passar por São José no retorno segundo reportou na época o fórum do portal AeroEntusiasta.

Foram cinco voos nesta rota dado ao benefício viscal na exportação para Angola via Brasil. Sendo assim a Ericsson trazia equipamentos da Suécia para Viracopos, de lá eram levados de carreta para São José dos Campos, onde a empresa tem instalações, e de lá carregado no TAAG, que retornava ao Rio de Janeiro e depois prossiguia para Luanda.

Primeira visita do Jumbo em 2011

Já a primeira visita do Jumbo na cidade foi em outubro de 2001, com o 747-200 da Southern Air trazendo equipamentos para o CTA. 

Com informações do INPE. Colaboraram Pablo AeroBrasil, Edilson Carlos, Marcelo Areias e o AeroFórum


Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos