Boeing 747 cargueiro evacua americanos de Wuhan, centro do Coronavírus

Um Boeing 747 cargueiro está sendo utilizado neste momento para a evacuação de cerca de 240 americanos da cidade chinesa de Wuhan, centro do surto do Coronavírus.

Avião Boeing 747-400F Kalitta Air
Boeing 747-400F da Kalitta Air – Imagem: Wim Bladt [CC]

O governo dos EUA fretou o avião nessa quarta-feira, 29 de janeiro, para transportar diplomatas do consulado dos EUA em Wuhan e outros cidadãos americanos.

O avião está agora fazendo uma parada de reabastecimento em Anchorage, no Alasca, antes de seguir para o Sul da Califórnia, informou a Embaixada dos EUA na China.

A aeronave fretada

O avião de carga utilizado, branco com listras vermelhas e douradas e sem janelas de passageiros, é o Boeing 747-400F de matrícula N705CK, pertencente à companhia aérea norte-americana Kalitta Air. Não há informações sobre o motivo de não ter sido utilizada uma aeronave de passageiros ao invés do cargueiro, que foi adaptado para levar pessoas.

Segundo dados dos sites de rastreamento de voos, a aeronave pousou em Anchorage por volta das 03:20 (horário de Brasília), e não havia decolado até a publicação desta matéria. Possivelmente a decolagem ainda deve demorar a decolar, já que os cidadãos permanecerão algum tempo em quarentena.

Atualização: a aeronave decolou de Anchorage nesta manhã no voo CSK371.

FlightRadar24 Voo Resgate Wuhan Kalitta EUA
O voo de evacuação do Boeing 747 cargueiro – Imagem: FlightRadar24

Na noite de terça-feira, foi anunciado que o avião aterrissaria na Base Aérea de March, no Condado de Riverside, na Califórnia, e não no Aeroporto Internacional de Ontário, no condado vizinho de San Bernardino, como era previsto inicialmente.

Curt Hagman, comissário do aeroporto de Ontário, disse que os Centros para Controle de Doenças anunciaram o desvio. “Estávamos preparados, mas o Departamento de Estado decidiu mudar o voo”, disse.

Em Anchorage, os passageiros deveriam passar pela inspeção da alfândega e do Centro de Controle de Doenças antes do voo prosseguir.

Veja também: Pilotos brasileiros relatam “perrengues” em voos para a China em meio ao Coronavírus

Índia também com Jumbo

Avião Boeing 747-400 Air India
Boeing 747-400 da Air India – Imagem: Himmat Rathore [CC]

Na última segunda-feira, a Índia também anunciou a disponibilização de um Boeing 747 da Air India, este sim na versão de passageiros, para a evacuação de indianos.

O Jumbo havia sido colocado em espera para a evacuação, segundo o oficial da companhia nacional, mas a aeronave aguardava a decisão do governo. “O Boeing 747 da Air India está de prontidão para a evacuação de indianos de Wuhan (China) devido ao medo do coronavírus. A empresa está aguardando a decisão do governo”, disse a Air India na segunda-feira (27).

Mas até o momento, não há registros de voo da empresa aérea para Wuhan, ou informações de que tenha ocorrido algum. Segundo dados do Airfleets, a Air India possui quatro Boeings 747, de matrículas VT-ESO, VT-ESP, VT-EVA e VT-EVB, sendo que dois deles não decolam há semanas (talvez estejam fora de operação), um está efetuando voos regularmente para outros destinos e o outro efetuou seu último pouso no domingo, 26 de janeiro, portanto pode ser este o que está à disposição.

Diversos outros países também têm enviado voos especiais a Wuhan para resgatar seus cidadãos.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias