Boeing 747 Supertanker chega hoje para combater incêndios na América do Sul

O presidente da Bolívia, Evo Morales, anunciou na quarta-feira (21) que seu governo vai contratar o Boeing 747-400 Supertanker, o maior avião-tanque do mundo, para combater os incêndios que já varreram quase meio milhão de hectares de florestas no leste do país. A informação também foi postada no Twitter do presidente.

Supertanker deve chegar na noite desta quinta-feira (22). O principal centro de abastecimento da aeronave, com capacidade para transportar 150 mil litros de água, será o aeroporto Viru Viru, em Santa Cruz de la Sierra, o maior do país.

As autoridades bolivianas também fazem acordos para ter um segundo ponto de fornecimento de água em Corumbá, no Brasil. Nesse ponto, operariam três helicópteros do Exército boliviano, um Super Puma e dois Z9 estão atualmente na área, e outros três estão previstos para serem enviados.

Atualmente, 800 militares, 250 policiais e 60 bombeiros são deslocados nas áreas afetadas, aos quais outros 700 oficiais uniformizados serão acrescentados nas próximas horas, entre outras medidas. Acompanhe a matéria da TV boliviana sobre o avião-tanque.

Conheça mais do Supertanker

Baseado no Colorado, Estados Unidos, o B747-400 SuperTanker é um avião-cisterna gigante, sendo não apenas o mais jovem grande avião de sua classe, mas o de maior capacidade, com quase o dobro da capacidade do segundo colocado. Os dois sistemas de fluxo constante separados, mas idênticos, são pressurizados, o que permite a descarga contínua. O sistema é aprovado para químicos retardantes de gel, espuma e água, ou a combinação de quaisquer dois desses agentes e a preparação no solo leva aproximadamente de 30 a 35 minutos.

O SuperTanker opera sem qualquer restrição de velocidade ou altitude, e fornece um nível de segurança para o pessoal de terra, propriedades e recursos naturais incomparáveis ​​com qualquer outro avião de sua classe. O desempenho excepcional e superior do SuperTanker é tal que ele decola com 200.000 libras abaixo do peso bruto máximo permitido e pode pousar imediatamente sem descarregar, se a operação for cancelada.

Com alcance global, o SuperTanker pode estar em praticamente qualquer lugar do mundo em menos de 20 horas, incluindo paradas de reabastecimento, se necessário. Configurado com 14 assentos de primeira classe e 2 beliches para a equipe de suporte e tripulação adicional, o SuperTanker chega pronto para iniciar operações de voo previamente coordenadas com a agência contratante.

Em 2017, o Supertanker realizou operações semelhantes no Chile.

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.