Boeing 747 que voava ao Rio de Janeiro retorna à Alemanha após 8h no ar

Um Boeing 747 que fazia o voo diário da companhia aérea Lufthansa para o Rio de Janeiro enfrentou uma situação imprevista e pousou de volta no aeroporto de partida após cerca de 8 horas no ar.

Avião Boeing 747-400 Lufthansa

A aeronave que executava a operação da noite deste dia 27 para o dia 28 de dezembro era o 747-400 registrado com a matrícula D-ABTL, cumprindo o voo de número LH500 da companhia alemã.

A rota é cumprida diariamente, sempre com o Jumbo da antiga geração -400, configurado para 371 passageiros, decolando de Frankfurt às 18:05 e pousando no Galeão às 05:50 do dia seguinte (ambos horários locais).

O percurso padrão da cidade alemã para a cidade maravilhosa é de pouco mais de 11 horas, porém o imprevisto dessa noite fez com que o Boeing 747 desse meia volta quase na metade do voo. Assim, o pouso no aeroporto de partida se deu em torno de 8 horas e 20 minutos após a decolagem.

Segundo dados dos sites de rastreamento de voos, o avião mantinha altitude de cruzeiro até o ponto em que começou o retorno, quando então desceu rapidamente para 14 mil pés e assim permaneceu por todo o trajeto até Frankfurt.

FlightRadar24 Voo LH500 Rio de Janeiro Problema
O 747 chegando de volta a Frankfurt hoje – Imagem: FlightRadar24

Embora ainda não haja informação oficial, essa atitude de manter-se baixo costuma ser tomada quando há problemas no sistema de pressurização, embora outras falhas técnicas também podem levar à decisão de se manter uma altitude reduzida. Isso porque em torno dos 14 mil pés há níveis de pressão e oxigênio adequados para que os passageiros não sofram com as condições adversas de uma atmosfera rarefeita.

Histórico recente do 747 D-ABTL

Curiosamente, esse voo atrasou cerca de uma hora para decolar em relação ao horário padrão, o que já pode indicar alguma falha ainda em solo, uma vez que o 747 não executou alguma rota imediatamente anterior que pudesse atrasar sua programação.

Assim, pesquisamos o histórico operacional do D-ABTL, e descobrimos que a aeronave havia cumprido seu último voo muito tempo atrás, apenas no dia 10 de dezembro.

FlightAware Histórico Voos D-ABTL 747 Lufthansa
Histórico de voo do 747 D-ABTL – Imagem: FlightAware

Esse longo tempo de inatividade pode indicar uma parada programada de manutenção, de forma que o Jumbo retornava ao serviço neste voo para o Rio de Janeiro.

Após contato com a companhia aérea, a Lufthansa informou ao AEROIN o seguinte posicionamento sobre a ocorrência:

“O voo LH 500 da Lufthansa, que partiu da cidade de Frankfurt com destino ao Rio de Janeiro, no dia 27 de dezembro, retornou depois de 4 horas de voo para manutenção na base da companhia no aeroporto de Frankfurt, devido a um problema técnico. Em nenhum momento a segurança dos passageiros esteve comprometida. A aeronave, um Boeing 747-400, pousou em segurança em Frankfurt e os passageiros foram acomodados em outra aeronave, que decolou com destino ao Rio de Janeiro na manhã deste sábado (horário do Brasil). A Lufthansa lamenta o inconveniente causado aos nossos passageiros.”

A aeronave substituta, citada pela empresa aérea, é o Boeing 747-400 de matrícula D-ABVM.

Veja outro caso recente de retorno de um Jumbo a Frankfurt na matéria a seguir ou acessando neste link.

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.