Boeing 757 da Delta pousa tão firme que torce a fuselagem nos Açores

A Delta opera um voo sazonal de Nova Iorque para Ponta Delgada, nos Açores, com um Boeing 757-200 e, normalmente, é um pouso difícil por conta dos ventos. No entanto, parece que o voo DL414 da manhã deste domingo (18) passou algum aperto extra na hora do pouso.

O toque na pista açoriana foi tão violento que causou danos estruturais ao avião, torcendo a fuselagem próxima do trem de pouso dianteiro e no teto, como mostram as imagens. Apesar de ser difícil estimar a extensão dos danos nesse momento, essas torções na fuselagem podem até retirar o avião de operação.

Como resultado, o voo de retorno foi cancelado e a empresa terá um voo extra amanhã. Cada passageiro também terá direito a EUR 600 de compensação em dinheiro, por força da Lei Europeia EU261.

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.