Boeing 767 da LATAM retorna ao aeroporto após vibração excessiva do motor

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Imagem: Divulgação / LATAM.

Um Boeing 767 da LATAM Brasil teve que retornar ao Aeroporto de Recife na tarde desta segunda-feira (18), após apresentar problemas no motor provavelmente causado por um pássaro.

O caso aconteceu três dias depois de um Airbus A320 também da LATAM enfrentar o mesmo problema de suposta colisão com pássaros, mas que foi detectada mais de uma hora depois da decolagem.

Agora, foi com o Boeing 767-300ER de matrícula PT-MSO, que efetuava o voo LA4779 de Recife para São Paulo, quando, logo após a decolagem, ainda no eixo da pista cruzando 6 mil pés de altitude, a tripulação decidiu parar a subida após alerta relativo ao motor.

Segundo o site The Aviation Herald, o motor esquerdo modelo General Eletric CF-6 provavelmente foi atingido por um pássaro, que causou um mau funcionamento e a consequente vibração excessiva, que gerou o alerta na aeronave.

Logo após esta indicação, o Boeing desceu para 4 mil pés e fez três órbitas (círculos padrões), provavelmente para efetuar os checklists necessários do motor e um alijamento de combustível, visando reduzir o peso da aeronave para o chamado MLW – Maximum Landing Weight, em português Peso Máximo de Pouso.

O Boeing 767 em órbitas antes do pouso – Imagem: FlightRadar24

A aeronave pousou, sem maiores problemas, no Aeroporto de Recife cerca de 30 minutos após a decolagem. O Boeing ainda se encontra no Recife até o momento da publicação desta matéria, provavelmente passando por uma inspeção e manutenção mais detalhada.

Em função da ocorrência, a LATAM informa oficialmente o seguinte posicionamento:

A LATAM Airlines Brasil informa que a aeronave do voo LA4779 (Recife – São Paulo/Guarulhos), que partiu às 15h44 de hoje (18), colidiu com um pássaro nas proximidades do aeroporto de Recife. A aeronave retornou para o aeroporto de origem, onde aterrissou em completa segurança às 16h27. Os passageiros foram reacomodados no voo de mesmo número, com previsão de decolagem às 16h de amanhã (19).

A companhia reitera que a segurança é um valor imprescindível e, sobretudo, todas as suas decisões visam garantir uma operação segura.

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

two pilots flying an airplane

Piloto de avião resolveu expor seus órgãos genitais durante um voo...

0
Um ex-piloto da Southwest Airlines foi acusado de indecência após expor seus órgãos genitais durante um voo da Filadélfia para Orlando