Boeing 777 de US$ 375 mi da Jet Airways troca de dono por modestos US$ 9 mi

Boeing 777-300ER – Imagem: Björn Strey / CC BY-SA 2.0, via Wikimedia Commons

Como acompanhamos no primeiro semestre de 2019, a companhia aérea indiana Jet Airways suspendeu todas as suas operações de voos em abril daquele ano, após não ter encontrado investidores interessados em apoiar um plano de recuperação a sua difícil situação financeira.

Pouco depois, credores holandeses entraram com processo na justiça de seu país e a companhia aérea foi declarada falida na Holanda. Posteriormente, de acordo com a ordem do Tribunal Distrital de Noord-Holland datado de 21 de maio de 2019, um processo de insolvência foi iniciado contra a Jet Airways.

Um administrador holandês assumiu a custódia dos ativos da empresa na Holanda na data de início de tal processo de insolvência, que incluía uma aeronave Boeing 777-300ER estacionada no aeroporto de Schiphol, em Amsterdã. Tratava-se do jato com número de série 35164 e marca indiana de registro VT-JEW.

O Boeing 777 de registro VT-JEW – Imagem: Anna Zvereva / CC BY-SA 2.0, via Flickr

Agora, a Jet Airways informa a quem interessar que, de acordo com as informações recebidas do administrador holandês, a aeronave sob custódia foi vendida para a empresa americana “IAGCAS 777, LLC” por US$ 9 milhões sob o Processo de Insolvência Holandês.

Conforme dados da statista, as informações mais recentes do mercado de venda de aviões, de março deste ano, indicam que o modelo Boeing 777-300ER tem sido negociado pelo preço médio de US$ 375 milhões.

A Jet Airways destaca que a venda da aeronave foi feita de acordo com os termos do protocolo segundo o qual é acordado que o produto da venda será utilizado primeiro para o encerramento do Processo de Insolvência na Holanda, para garantir que a empresa não seja mais declarada insolvente naquele país, e os fundos restantes, se houver, serão repatriados para a Índia e serão tratados de acordo com a disposição do Código de Insolvência e Falência.

Com informações da Jet Airways

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

O dia em que passageiros voaram sentados em cima de...

0
Operação histórica, levou Guernica, o quadro mais famoso de Pablo Picasso, de volta para a Espanha depois de 40 anos longe da terra natal.