Boeing translada 787 Dreamliners para fugir do Furacão Florence

A Boeing já começou a se preparar para a chegada do Furacão Florence, uma tempestade na categoria 4 que está sobre as Bahamas e chegará em breve ao seu ninho de 787 Dreamliners em Charleston, na Carolina do Sul.

avião Boeing 787 Dreamliners




E para evitar danos maiores, a empresa realizou hoje uma verdadeira evacuação de sua base, transladando as aeronaves para a linha de montagem principal da empresa em Everett, no estado de Washigton no outro lado do país, em voos que duram quase cinco horas.

A medida é necessária já que o Furacão Florence, de categoria 4, pode chegar a 5 na escala de Saffir-Simpson. Na categoria atual, a tormenta já sopra ventos de 220km/h, que podem jogar objetos nas aeronaves ou destruir hangares.

Evacuação pode ser acompanhada pelo FlightRadar. Observe o furacão no canto direito inferior.

Furacões na Costa Leste americanas são “comuns”, mas em sua maioria acontecem mais ao Sul, principalmente na Flórida. A aviação de lá inclusive está acostumada com este tipo de tempestade e a universidade Embry Riddle realiza quase todo ano o translado de seus Cessnas do campo de Daytona Beach para o interior do país.

Rota do furacão Florence

Mas é a primeira vez que a fabricante faz isso desde a fundação da Boeing South Carolina em 2011. A planta é a primeira da companhia fora da região de Seattle e produz exclusivamente Boeings 787 Dreamliners. Inclusive um dos que foram movidos hoje é o primeiro 787-10 da United Airlines. Confira a lista de todos com matrícula, modelo e companhia aérea:

  • B-1111: Boeing 787-9 da Shanghai Airlines
  • B-1132: Boeing 787-9 da Hainan Airlines
  • B-1133: Boeing 787-9 da Hainan
  • B-1138: Boeing 787-9 da Hainan
  • N14001: Boeing 787-10 da United
  • A6-BMA: Boeing 787-10 da Etihad

Além dos Dreamliners, um Boeing 747 Dreamlifer também foi transladado. Os 787 que ainda não estão em condições de voo serão guardados dentro dos hangares da empresa em Charleston, que são à prova de tempestade mas que não têm a capacidade para receber todos os 787 que a fábrica está produzindo.

Visitamos a fábrica da Boeing em Seattle.

Com informações do ThePointsGuy e BBC Brasil.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos