Boeing 787 negro da Air New Zealand também passa a voar como cargueiro

A Air New Zealand é mais uma companhia aérea que entra para o rol das empresas que passaram a usar sua frota de aviões de passageiros para lucrar com o transporte de cargas, e quem entrou na operação foi o bonito Boeing 787 negro.

Avião Air New Zealand 787-9 ZK-NZE Preto
Imagem: Masakatsu Ukon [CC]

Já tínhamos visto outros casos de uso do Boeing 787 Dreamliner, assim como outros modelos de aviões de passageiros, como cargueiros. A American Airlines e a Avianca, por exemplo, usaram o 777 e o 787 para as operações dedicadas, e a Emirates trouxe kits de teste de COVID-19 para o Brasil também com um 777.

E no caso da Air New Zealand, o Dreamliner utilizado nessa quarta-feira (31) é o 787-9 registrado sob a matrícula ZK-NZE. A aeronave é famosa por ter recebido a pintura toda preta em homenagem à seleção masculina nacional de rugby da Nova Zelândia, conhecida como os All Blacks.

Segundo o China Aviation Review, o Boeing 787 chegou de Auckland (Nova Zelândia) em Xangai (China) como um avião somente de carga, retomando a tradicional rota entre as duas cidades após dois meses de suspensão.

O jato transportou produtos alimentícios, como frutos do mar e agrícolas, em um importante movimento para ajudar os negócios de exportação do país dos kiwis, afetados pela parada da aviação de passageiros, que levava os produtos em seus porões de carga.

Air New Zealand 787 All Blacks Carga Xangai
O Boeing 787 na operação de hoje – Imagem: China Aviation Review

Air New Zealand 787 All Blacks Carga Xangai
Os produtos sendo descarregados – Imagem: China Aviation Review

Rick Nelson, gerente geral de carga da Air New Zealand, comentou que “com o Boeing 787-9 Dreamliner, por exemplo, temos a capacidade de levar 11 pallets de carga em cada direção que voamos. Cada um desses pallets pode ter até 12 metros cúbicos em volume e até 4600 kg em peso. Compartilhamos essas opções com nossa base global de clientes de carga e estamos recebendo um grande interesse de clientes que desejam enviar para e de Xangai, Hong Kong, São Francisco, Los Angeles, Sydney e Melbourne”.

Dados do FlightRadar24 mostram que o ZK-NZE decolou da Nova Zelândia no início da madrugada de hoje, e pousou na China às 07:07 da manhã (horário local) no voo de número NZ-289.

FlightRadar24 Voo 787 Negro Air New Zealand Carga
O voo do 787 negro na madrugada e manhã de hoje – Imagem: FlightRadar24

Este avião inclusive esteve fora de serviço para cerca de 1 ano após um incidente de solo e alguns empecilhos de manutenção, tendo voltado à ativa há apenas duas semanas. Na ocasião, a companhia aérea comemorava o retorno do jato, mas se questionava sobre como utilizaria a aeronave diante da parada da aviação mundial.

Agora, parece que a dúvida está resolvida e o bonito Dreamliner negro já encontrou seu lugar de volta ao céu.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias