Início Acidentes e Incidentes Boeing 787 sofre trinca no para-brisa a 40.000 pés sobre o Oceano...

Boeing 787 sofre trinca no para-brisa a 40.000 pés sobre o Oceano Pacífico

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Um Boeing 787 enfrentou uma emergência sobre o Oceano Pacífico quando uma trinca se desenvolveu no para-brisa do lado do comandante, quando a aeronave estava a 40 mil pés de altitude.

A aeronave envolvida foi o Boeing 787-9 da companhia aérea United Airlines, de matrícula americana N26952, realizando o voo de número UA-2862 na última quinta-feira, 14 de maio. O jato havia decolado de Hong Kong, na China, para São Francisco, nos Estados Unidos, e declarou emergência informando como motivo uma trinca no para-brisa do lado do comandante da aeronave.

A aeronave contava com quatro tripulantes a bordo, o que sugere que se tratava de um voo cargueiro efetuado com o modelo 787-9 de passageiros. O fato ocorreu horas após a decolagem de Hong Kong, quando cruzava o Oceano Pacifico no nível de voo FL400 (40.000 pés / 12.192 metros). O jato estava a cerca de 470 milhas náuticas (870 km) a leste do Aeroporto de Narita, em Tóquio, Japão.

A tripulação manteve o nível de voo FL400, alternando para o Aeroporto de Narita, realizando o pouso com segurança na pista 16R cerca de 90 minutos depois do incidente e mais de 6 horas após a decolagem, já no dia 15 de maio, após a meia-noite (no horário local).

O voo partiu de Hong Kong com um atraso de quase 21 horas em 14 de maio, mas não há informações sobre problemas técnicos relacionados. A aeronave havia chegado a Hong Kong no dia 13 de maio, dentro do programado, mas permaneceu no solo por 24 horas, antes de continuar a próxima etapa com destino a São Francisco.

Trajetória do voo alternado para Tóquio após emergência. Fonte: FlightRadar24.

Dados do FlightRadar24 mostram intensa movimentação da aeronave nos últimos sete dias, sempre entre os Estados Unidos e cidades da Ásia. O 787 decolou de Tóquio para São Francisco por volta do meio-dia deste sábado no horário local (meia-noite no horário de Brasília) e já pousou nos Estados Unidos sem novos incidentes.

Com informações do The Aviation Herald

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Sair da versão mobile