Boeing anuncia prazo para seus aviões voarem com combustíveis 100% sustentáveis

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Imagem: NASA

A Boeing anuncia hoje (22) que está estabelecendo uma meta ambiciosa para promover a sustentabilidade de longo prazo da aviação comercial, comprometendo-se a que seus aviões comerciais sejam capazes e certificados para voar com combustíveis de aviação 100% sustentáveis ​​até 2030.

A fabricante destaca que já realizou voos de teste bem-sucedidos com a substituição dos combustíveis de petróleo pelos combustíveis 100% sustentáveis, com objetivo de enfrentar o desafio urgente das mudanças climáticas.

De acordo com o Air Transport Action Group, o Departamento de Energia dos EUA e vários outros estudos científicos, os combustíveis de aviação sustentáveis ​​reduzem as emissões de CO2 em até 80% ao longo do ciclo de vida do combustível, com potencial para chegar a 100% no futuro.

Hoje, os combustíveis de aviação sustentáveis ​​são misturados diretamente com o combustível de aviação convencional até uma mistura de 50/50 – o máximo permitido pelas especificações atuais do combustível. Para cumprir o compromisso da aviação de reduzir as emissões de carbono em 50% em relação aos níveis de 2005 até 2050, os aviões precisam ser capazes de voar com combustíveis de aviação 100% sustentáveis ​​bem antes de 2050.

“Nossa indústria e clientes estão comprometidos em lidar com as mudanças climáticas, e os combustíveis sustentáveis ​​para aviação são a solução mais segura e mensurável para reduzir as emissões de carbono da aviação nas próximas décadas”, disse Stan Deal, presidente e CEO da Boeing Commercial Airplanes. “Estamos comprometidos em trabalhar com reguladores, empresas de motores e outras partes interessadas importantes para garantir que nossos aviões e, eventualmente, nossa indústria possam voar inteiramente com combustíveis de aviação sustentáveis.”

O compromisso da Boeing é determinar quais mudanças são necessárias para que seus aviões comerciais atuais e futuros voem com combustíveis 100% sustentáveis ​​e trabalhar com as autoridades regulatórias e em toda a indústria para aumentar o limite de mistura para uso expandido.

“Com uma longa história de inovação em combustíveis de aviação sustentáveis, certificar nossa família de aviões para voar com combustíveis 100% sustentáveis ​​avança significativamente o profundo compromisso da Boeing em inovar e operar para tornar o mundo melhor”, disse o diretor de sustentabilidade Chris Raymond. “Combustíveis de aviação sustentáveis ​​são comprovados, usados ​​todos os dias e têm o potencial mais imediato e maior para reduzir as emissões de carbono a curto e longo prazo quando trabalhamos juntos como uma indústria.”

A Boeing trabalhou com companhias aéreas, fabricantes de motores e outros para realizar voos de teste de biocombustíveis a partir de 2008 e obter aprovação para combustíveis sustentáveis ​​em 2011. Em 2018, o programa de teste de voo Boeing ecoDemonstrator fez o primeiro voo comercial de avião do mundo usando combustíveis 100% sustentáveis ​​com um 777 Freighter (cargueiro), em colaboração com a FedEx Express.

Imagem: Boeing

Os combustíveis sustentáveis ​​para aviação podem ser produzidos a partir de uma ampla variedade de matérias-primas, incluindo plantas não comestíveis, resíduos agrícolas e florestais, resíduos domésticos não recicláveis, gases de plantas industriais e outras fontes.

A sustentabilidade dos combustíveis é assegurada por meio de certificações de sustentabilidade fortes e confiáveis ​​por meio de organizações terceirizadas, como a Mesa Redonda sobre Biomateriais Sustentáveis.

Informações da Boeing

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias