Boeing apresenta ao mundo o MAX 10, o maior 737 já construído

Num prenúncio do que pode ser o início de um novo caminho para a Boeing após tantas notícias adversas, nasce das instalações da fabricante o maior jato da família 737 já construído, o MAX 10.

A cerimônia foi simples, discreta e restrita a funcionários, dada a crise que a fabricante enfrenta, mas a repercussão em todo o mundo foi digna de um momento histórico. Emocionado, afirmou Mark Jenks, vice presidente e diretor geral do programa 737, assim declarou:

“Não é sobre uma nova aeronave. É sobre as pessoas que a desenham, constroem e dão o suporte. A dedicação e foco desse time na segurança e qualidade mostra o nosso compromisso com nossos clientes e todos os que voam em aviões Boeing”.

Essa é a maior versão do popular 737 e pode levar até 230 passageiros, com 43 metros de comprimento, além de poder ser equipado com um tanque de combustível extra para aumentar seu alcance. Outra novidade são os suportes novos para os motores (pylons) que são mais alongados.

GOL já encomendou

O jato foi encomendado pela brasileira GOL Linhas Aéreas, uma das maiores clientes da Boeing no mundo, com uma frota totalmente padronizada de 737s. Além disso, apesar de não poder usa-los, a brasileira já recebeu as primeiras sete de 105 unidades do 737 MAX 8 encomendados. Do Max 10, a encomenda é para 30 jatos.

A lista de pedidos do 737 MAX 10 é grande, com 550 encomendas e compromissos de compra de mais de 20 clientes ao redor do mundo.

“Terei a honra de voar esse avião pela primeira vez e mostrar ao mundo aquilo em que colocamos nosso coração e alma”, disse a piloto-chefe do 737, Jennifer Henderson.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.