Boeing inicia construção de novas instalações em Hamburgo, a casa da Airbus

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Em cooperação com a municipalidade de Hamburgo, a Boeing está expandindo suas atividades na Alemanha, criando um novo centro europeu para dar suporte a seus clientes de serviços pós-venda. A cidade alemã também é casa de uma das maiores linhas de montagem da maior rival da Boeing, a Airbus.

Localizado em um dos principais centros de logística da Alemanha e importante centro da indústria da aviação, o projeto permitirá à Boeing aumentar sua capacidade e portfólio de produtos, fortalecendo sua proposta de valor e estratégia de crescimento no mercado aeroespacial. As obras iniciaram em março e a instalação deverá estar operacional no segundo trimestre de 2022.

“Esta nova instalação destaca nosso compromisso contínuo de fortalecer e apoiar ainda mais o setor de aviação alemão e consolida nossa posição de liderança no mercado europeu de serviços de distribuição. Embora a indústria aeroespacial esteja enfrentando tempos difíceis, queremos construir nossa presença na Alemanha para garantir um crescimento no longo prazo”, disse o Dr. Michael Haidinger, presidente da Boeing Deutschland.

A imobiliária alemã Warburg-HIH Invest financiou o projeto e vai arrendar o prédio para a Boeing. Enquanto isso, o especialista em logística imobiliária Verdion é responsável pelo desenvolvimento de uma instalação de última geração que servirá para armazenamento e manuseio de produtos químicos para a indústria da aviação.

O local de 34.347 m² está situado a uma curta distância do Aeroporto de Hamburgo, oferecendo uma localização ideal para atender a uma variedade de clientes globais. O edifício de 19.254 m² incluirá 15.352 m² de área de armazenamento com áreas especialmente projetadas para as necessidades da Boeing e 153 vagas de estacionamento. Um total de 3.251 m² de escritórios será conectado ao armazém. 

Para o empreendimento, os parceiros do projeto estão almejando a certificação de nível Gold emitida pelo Conselho Alemão de Construção Sustentável (DGNB) em linha com seu compromisso de minimizar o impacto ambiental.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Delta pede que pilotos e comissários se voluntariem para limpar as...

0
Com a grande volta da demanda de passageiros, a Delta reabriu suas salas VIPs mas pediu que tripulantes ajudem a limpá-la.