Boeing oferece 777-8X modificado para a Qantas

A Boeing disse que está muito próxima de finalizar o design do 777-8X que irá concorrer para ganhar o Project Sunrise da Qantas, que quer conectar Londres, Nova Iorque e Rio de Janeiro com Sydney, sem escalas.




A sua concorrente Airbus já anunciou que está levando para a mesa de negociações a versão de ultra longo alcance do seu A350 de maior capacidade, o A350-1000ULR.

O desafio da Qantas consiste em uma aeronave que opere as rotas citadas e leve no mínimo 300 passageiros em quatro classes diferentes. Apesar de não detalhar as possíveis modificações no 777-8X, o Diretor Sênior de Análises de Mercado e Vendas da Boeing, Darren Hulst, disse que “as companhias querem o avião mais eficiente em sua categoria e o mais flexível em termos de onde ele pode ser colocado na sua malha”.

“Eu focaria menos no alcance máximo da aeronave e daria atenção no fato que a aeronave tem o maior alcance do mundo, seja agora ou no futuro, e é o mais eficiente na sua classe. As companhias precisam de capacidade mas também versatilidade, você precisa conseguir colocar essa aeronave em diversas rotas ou não fará sentido, não caberá na frota”.

Com informações da revista Australian Aviation

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos