Início Indústria Aeronáutica Boeing tem prejuízo de US$ 466 mi no trimestre e fala em...

Boeing tem prejuízo de US$ 466 mi no trimestre e fala em cortar mais 10.000 pessoas

A Boeing disse nessa quarta-feira (28) que cortará mais milhares de empregos até o final do ano que vem, na medida em que a pandemia do coronavírus reduz a demanda por aeronaves e viagens. As más notícias foram dadas pelo presidente da empresa, Dave Calhoun, em carta aos funcionários.

Os resultados da Boeing no terceiro trimestre foram melhores do que as estimativas, mas ainda mostram as dificuldades da empresa na pandemia. Enquanto isso, a fabricante está procurando reduzir ainda mais os custos enquanto enfrenta o impacto prolongado da pandemia. A Boeing registrou prejuízo líquido de US$ 466 milhões no terceiro trimestre, ante lucro de US$ 1,2 bilhão no ano anterior. 

O CEO da Boeing, Dave Calhoun, disse aos funcionários que a empresa pretende ter 130.000 funcionários até o final de 2021. Isso significa que até o final do ano, cerca de 30.000 pessoas terão deixado a companhia, 10.000 a mais do que o já anunciado anteriormente.

“À medida que nos alinhamos às realidades do mercado, nossas unidades de negócios estão tomando decisões cuidadosamente a fim de limitar o impacto sobre nosso pessoal e nossa empresa”, disse Calhoun na nota à equipe. “Ao longo desse processo [os cortes], nos comunicaremos com você em cada etapa do caminho”.

Nos primeiros nove meses de 2020, a Boeing perdeu 381 pedidos de novos aviões. As próprias estimativas da Boeing mostram que a pandemia pode diminuir a demanda da indústria por mais de uma década.