Bombardier doa jato comercial CS100 para instituição de ensino

Protótipo FTV1 do Bombardier CS100, semelhante ao FTV3 doado à ÉNA. Imagem: Divulgação / Bombardier

A Bombardier Commercial Aircraft anunciou hoje (24) que vai doar uma aeronave CS100 para a École Nationale d’Aérotechnique (ÉNA) para ser usada para fins de educação e treinamento. Com essa doação, a ÉNA torna-se a primeira instituição de ensino do mundo a contar com uma aeronave C Series em sua frota de ensino.




“Nosso compromisso com a inovação e a excelência também se reflete na educação, uma vez que nossa empresa incentiva e apoia instituições de ensino, como a ÉNA, em sua missão de oferecer um treinamento de alta qualidade que atenda às necessidades da indústria”, disse Alain Bellemare, diretor executivo da Bombardier.

“A Bombardier está muito orgulhosa em investir no desenvolvimento de trabalhadores altamente qualificados para o cluster aeroespacial de Montreal, aumentando o valor educacional das atividades de treinamento técnico da ÉNA”, disse Robert Dewar, vice-presidente do Programa de Aeronaves C Series da Bombardier Commercial Aircraft. “Essa doação contribuirá para o desenvolvimento de conjuntos mais amplos de habilidades, permitindo que os alunos manipulem uma tecnologia altamente avançada em aeronaves comerciais, e esperamos que isso ajude a despertar ainda mais seu interesse pelo setor aeroespacial ”.

O CS100 (número de série 50003) foi construído em 2014 e foi a terceira unidade de teste de voo (FTV3) do programa C Series. Desde o seu voo inaugural, em 3 de março daquele ano, a aeronave acumulou aproximadamente 1.400 horas de voo. O FTV3 foi usado principalmente para testes de aviônicos e elétricos, bem como para testes de ruído. A aeronave está atualmente no Centro de Testes de Voo da Bombardier, em Wichita, Kansas, e se juntará à frota atual de 37 aeronaves da ÉNA em Saint-Hubert, Québec, nas próximas semanas. A frota estática da ÉNA já inclui dois aviões Learjet e dois Challenger.

“Estamos honrados em receber este presente extremamente significativo. O C Series é uma verdadeira jóia da tecnologia de Québec e esta doação é uma importante contribuição educacional para nossos programas de treinamento, tanto do ponto de vista prático quanto de teoria”, disse Sylvain Lambert, diretor da École Nationale d’Aérotechnique. “Como o único fornecedor de treinamento técnico aeroespacial na província de Québec, essa nova adição à nossa frota existente permitirá que a próxima geração de trabalhadores se torne mais conhecedora dos mais recentes avanços tecnológicos do setor. Em nome de nossos alunos, nossos professores e funcionários, gostaria de agradecer sinceramente à Bombardier por sua confiança em nossa escola e por esse presente que enriquecerá a qualidade de nossos programas de treinamento.”

A Bombardier estabeleceu muitas parcerias de sucesso ao longo dos anos com instituições educacionais especializadas em engenharia e aeroespacial, oferecendo estágios, bolsas de estudo e doações corporativas, bem como participando de projetos de pesquisa e desenvolvimento. No ano passado, a Bombardier doou um CRJ100 para o British Columbia Institute of Technology e um Learjet 60 para o ÉNA.

 
Informações pela Assessoria de Imprensa da Bombardier.
 

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.