Veja imagens do grande avião Antonov 124 que está hoje em Brasília

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Antonov AN-124 Brasília
Imagens: Fábio Borborema / Delphi Forwarding

Já está em solo brasileiro o grande avião Antonov AN-124 Ruslan, o segundo maior avião do mundo em capacidade de transporte de cargas. Essa é a segunda visita do avião no terminal brasiliense este ano.

A aeronave decolou de Mumbai, na Índia, e fez duas paradas antes de aterrissar na capital federal. Partindo de sua escala em Dacar, no Senegal, no final da noite de ontem, o jato de matrícula RA-82047 tocou a pista do Aeroporto Internacional de Brasília às 5:06 da manhã desta segunda-feira, 24 de agosto.

FlightRadar24 Voo Antonov AN-124 Brasília 082020
O Antonov chegando a Brasília nesta manhã – Imagem: FlightRadar24

FlightRadar24 Voo Antonov AN-124 Brasília 082020
O Antonov chegando a Brasília nesta manhã – Imagem: FlightRadar24

Antonov AN-124 Brasília
Imagens: Fábio Borborema / Delphi Forwarding

A operação foi coordenada pela empresa Delphi Forwarding, uma empresa que atua em toda a cadeia logística de comércio exterior, direcionada para o serviço de Transporte Internacional e Desembaraço Aduaneiro no Brasil.

A bordo do Antonov estava uma carga de dimensões volumosas, que possivelmente não seria capaz de ser embarcada em nenhuma outra aeronave, fazendo necessária a contratação do grande cargueiro da empresa aérea russa Volga-Dnepr.

O cargueiro trouxe 50 toneladas de equipamentos industriais para duas empresas privadas: a Brainfarma, uma das maiores fabricantes de medicamentos do Brasil, e a Cosmed, especialista na produção de produtos para a saúde como nutricionais e dermocosméticos. Os maquinários importados irão ampliar e modernizar seus parques industriais localizados em Anápolis (GO), cidade a 150km de distância de Brasília.

Imagens: Fábio Borborema / Delphi Forwarding

Antonov AN-124 Brasília
Imagens: Fábio Borborema / Delphi Forwarding

Antonov AN-124 Brasília
Imagens: Fábio Borborema / Delphi Forwarding

A operação de descarga alterou a rotina no aeroporto administrado pela Inframerica e envolveu guindastes, equipamentos e equipes especializadas que foram empregados na transferência das mercadorias da aeronave para caminhões. O cargueiro foi recebido com todos os cuidados de higiene e precauções necessárias para evitar contaminação pela covid-19.

O avião chama a atenção pelo seu tamanho e por ser uma visita rara. A capital federal recebeu a operação deste gigante em 2009, e só 9 anos depois, em setembro de 2018, a aeronave retornou a Brasília. Este ano, o cargueiro fez sua primeira aparição no início de abril, quando pousou no terminal brasiliense trazendo 40 toneladas de máscaras faciais também para uma empresa privada.

Imagem: Fábio Borborema / Delphi Forwarding

Imagem: Fábio Borborema / Delphi Forwarding

Imagem: Fábio Borborema / Delphi Forwarding

Imagem: Fábio Borborema / Delphi Forwarding

Veja também imagens do interior do cockpit do Antonov clicando aqui.

Agora, segundo a programação prevista, o Antonov AN-124 ainda seguirá de Brasília para a cidade de Campinas (SP) na terça-feira, 25 de agosto. Os horários podem sofrer alterações, mas até este momento a partida rumo ao Aeroporto Internacional de Viracopos deve ocorrer conforme o cronograma a seguir:

Dia 25/08, terça-feira:

  • Decola de Brasília às 08:00
  • Pousa em Campinas às 09:30

Dia 27/08, quinta-feira:

  • Decola de Campinas às 06:30

Com informações da Inframerica

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

British Airways recebe sugestão de mudar de nome após apoiar time...

0
Um post aparentemente inocente do time de mídias sociais da British Airways deu o que falar e gerou uma enorme discussão no Twitter