British Airways define datas de retorno a Guarulhos, Rio de Janeiro e Buenos Aires

Airbus A350-1000 – Imagem: Anna Zvereva / CC BY-SA 2.0, via Wikimedia Commons

Como havíamos acompanhado no início deste mês, a companhia aérea inglesa British Airways havia adiado de 31 de outubro para dezembro seu retorno para o Brasil, porém, sem datas exatas oficialmente divulgadas.

Agora, no entanto, a empresa apresenta seu planejamento de retomada das operações de transporte de passageiros de Londres até o Brasil, tanto para o Rio de Janeiro/Galeão quanto para São Paulo/Guarulhos, bem como a extensão desta última rota até Buenos Aires/Ezeiza, na Argentina.

O Rio de Janeiro será o primeiro a ver a volta dos aviões da British. A partir de 1º de dezembro a operação passará a ser executada com frequência de quatro voos semanais, às segundas, quartas, sextas e sábados.

Os voos BA-249 e BA-248, na ligação com o Aeroporto Heathrow de Londres, serão cumpridos com o Boeing 787-8, pousando no Galeão às 20h05 e decolando às 21h50.

Boeing 787-8 – Imagem: BriYYZ / CC BY-SA 2.0, via Wikimedia Commons

Depois, em 10 de dezembro começam os serviços de Londres para Guarulhos, seguindo para Buenos Aires e voltando para Guarulhos, antes de partir de volta para a Inglaterra. (Atualização 21/10: a companhia aérea adiantou também para 1º de dezembro a volta dos voos de São Paulo).

As operações serão com frequência diária e cumpridas pelo Airbus A350-1000. O pouso em Guarulhos ocorrerá às 06h05, depois decolando para Buenos Aires às 07h10. O pouso na Argentina será às 10h05, com o retorno saindo às 12h15. Por fim, o pouso no GRU Airport será às 14h55 e a decolagem para Londres, às 16h05.

Os dois modelos de aeronave, 787 e A350, têm capacidades, respectivamente, de 214 e 331 passageiros, e estão configurados em três classes – Club Suite, World Traveller Plus e World Traveller.

Com informações da British Airways e da ANAC

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias