British Airways encerrará operações de seus Boeing 767 até o final de 2018

Imagem: Robert Camp / Flickr

A British Airways encerrará as operações do modelo Boeing 767 no quarto trimestre deste ano, 28 anos depois de ter recebido sua primeira unidade da aeronave de corredor duplo (widebody) norte-americana.




A British ainda tem sete 767-300ERs restantes em sua frota. Eles são usados em um pequeno número de rotas de curta distância de Londres para destinos europeus, como Amsterdã, Atenas, Roma, Frankfurt, Estocolmo e Istambul, tipicamente em configuração de duas classes e 244 assentos. Eles também são usados ocasionalmente em serviços domésticos no Reino Unido.

O destino das sete aeronaves restantes, todas de propriedade da companhia aérea, ainda não é conhecido, disse um porta-voz da British ao ATW.

Segundo informações do Airfleets, ao longo de sua história a companhia inglesa operou 30 unidades do Boeing 767, sendo duas unidades do 767-200 e as demais do modelo 767-300.

Imagem: Robert Camp / Flickr

 
Informações pelo Air Transport World.
 

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.