British Airways reduz o peso dos assento em 4Kg com tecnologia da F1

A British Airways, em parceria com as empresas Williams Advanced, JPA Design e SWS Certication, está desenvolvendo novos assentos mais leves e seguros para suas aeronaves, conforme anunciou a companhia. Os novos assentos trarão uma economia considerável de pesos para as aeronaves, o que contribuirá na redução de emissões de CO2 e na economia de combustível.

Foram investidos cerca de 16 milhões de dólares por 18 meses de pesquisas, onde cada empresa contribuiu com sua experiência para desenvolver os assentos que, inicialmente, serão utilizados na classe executiva da companhia.

Tecnologia da Williams

A empresa britânica Williams Advanced Engineering ficou responsável por liderar o projeto cujas origens estão na Formula 1, categoria de ponta do automobilismo mundial. A empresa está desenvolvendo suprimentos de materiais compostos que serão utilizados nos novos assentos. A segunda envolvida no projeto é a JPA Design, que já trabalhou com a Singapore Airlines e desenvolvendo um projeto revolucionário de assentos monocoque que reduz os custos de peças, manutenção e fabricação, além de aumentar o conforto do cliente, por fim, mas igualmente importante, a SWS Certification será a responsável pelas especificações regulatórias e de segurança.

A grande importância do investimento de milhões de dólares está em reduzir o peso das aeronaves e o consumo de combustível, duas premissas que também são fundamentais na F1. Os números iniciais divulgados pelo consórcio apontam que os materiais leves desenvolvidos para o projeto dos assentos, poderá proporcionar uma economia de peso de 4 kg para cada assento da classe executiva.

Isso pode não parecer muito, mas se for distribuído em todos os assentos de Classe Executiva em 12 Airbus A350 por exemplo, essa redução de peso poderá economizar US$195.600 em custos de combustível anualmente. Além dos benefícios financeiros, a redução de peso resultaria em 942.000 kg a menos de emissões de CO2.

Dependendo do sucesso do projeto, em breve você poderá voar em um dos novos assentos leves para aeronaves com tecnologia de Formula 1 que está sendo desenvolvido para a British Airways.

Luis Neves

É agente de turismo e acompanha a evolução da aviação brasileira desde o final da década de 80. Fotografa tudo o que voa e tem uma das maiores coleções de fotos de aviação do Brasil.