Início Empresas Aéreas British Airways retira o A318 e acaba com um dos voos mais...

British Airways retira o A318 e acaba com um dos voos mais elegantes do mundo

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Foto de Eduard Heisterkamp via Wikimedia Commons

O grupo IAG, controlador da British Airways divulgou na tarde de quinta-feira (30) que está interrompendo um dos voos mais elegantes do mundo, operado por jatos A318 totalmente configurados em classe executiva entre Londres e Nova Iorque.

A estratégia de cancelar o voo foi anunciada logo após a empresa apresentar o pior resultado trimestral de sua história, com uma perda de mais de $1,3 bilhão de euros entre abril e junho 2020 e a expectativa de que levará até pelo menos 2023 para a demanda de passageiros se recuperar para os níveis de 2019. Como parte da estratégia, o A318 sairá da frota.

Pensa num serviço VIP

A British Airways contava com o Airbus A318 – o menor membro da família A320, e chamado de’ Baby Bus ‘-  por esse voo exclusivo, que levava consigo os números BA1 e BA2, que transportava passageiros endinheirados e VIPs entre Londres e Nova Iorque, numa configuração totalmente de classe executiva.

Além dos 32 assentos-cama e do serviço de bordo exclusivo, havia outros atrativos para o voo.

A318 Interior - Flatbed seat

O que também tornou o voo BA1 uma experiência exclusiva foi o fato de ele sair do Aeroporto London City, em vez de Heathrow, trazendo ganhos enormes de tempo para os executivos e banqueiros do distrito financeiro de Canary Wharf.

Outro benefício era a rota em si. O A318 não tem capacidade de voar direto de London City para Nova Iorque e, portanto, precisava fazer uma parada intermediária, apenas para reabastecimento. A cidade escolhida foi Shannon, na Irlanda.

No entanto, vendo a oportunidade de transformar a escala em parte da experiência, a British Airways fez um acordo para que os passageiros do BA1 fizessem todo o controle de passaporte e alfândega dos EUA enquanto o avião era reabastecido. Assim, quando aterrissassem em Nova Iorque, os passageiros poderiam simplesmente sair do avião e ir ao encontro dos seus choferes, sem enfrentarem as mesmas filas que nós, mortais.

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.