Início Regulamentação Cães de mais de 100 países serão impedidos de entrar nos Estados...

Cães de mais de 100 países serão impedidos de entrar nos Estados Unidos

Reprodução YouTube

O Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos (CDC) anunciou na segunda-feira (14) a proibição de um ano para a entrada de trazer cães de mais de 100 países onde a raiva canina ainda é considerada um problema. A proibição entra em vigor em 14 de julho.

Os cães vindos desses países já precisavam de comprovante de vacinação antirrábica mas uma nova proibição está sendo imposta por causa de um aumento no número de filhotes cujo ingresso foi negado porque eles não tinham idade suficiente para serem totalmente vacinados, disse o CDC.

A nota do CDC diz o seguinte:

Todos os cães devem parecer saudáveis ​​para entrar nos Estados Unidos. A partir de 14 de julho de 2021, haverá uma suspensão temporária  para cães de países que o CDC considera de alto risco para raiva canina.

Essas regras se aplicam a todos os cães, incluindo cachorros domésticos, animais de serviço e cães de apoio emocional. Essas regras também se aplicam se você está (1) apenas visitando os Estados Unidos com seu cão, (2) importando cães para os Estados Unidos ou (3) viajando para fora dos Estados Unidos e retornando com seu cão após uma visita temporária, como como férias ou feriado, ou para fazer compras ou visitar amigos e parentes. Se você não seguir as regras do CDC, seu cão pode não ser autorizado a entrar nos Estados Unidos.

A lista completa de países considerados de alto risco pode ser encontrada aqui. O Brasil está listado.

Cerca de 1 milhão de cães são levados para os EUA a cada ano, e espera-se que a proibição se aplique a 4% a 7,5% deles, disseram as autoridades. Exceções serão feitas em algumas situações, incluindo cães-guia para cegos ou estrangeiros que se mudem para os EUA com seus animais de estimação.

A maioria dos cães rejeitados recentemente chegou de apenas três países: Rússia, Ucrânia e Colômbia. Mas várias outras situações levaram o CDC a proibir os cães de todos os países onde o risco de raiva também é alto. Muitas das rejeições foram devido a papéis fraudulentos alegando que os cães tinham mais de 4 meses. Cães com menos de 4 meses não são permitidos porque a vacinação antirrábica não tem efeito total antes de o cão atingir essa idade.

A raiva é geralmente uma doença fatal em animais e humanos, causada por um vírus que invade o sistema nervoso central. É mais comumente transmitido por meio de uma mordida de um animal infectado. Não há cura para ela uma vez que os sintomas começam, mas pode ser prevenida através da vacinação.