Câmera filmou dois mísseis atingindo o Boeing 737 derrubado no Irã

Dois mísseis iranianos atingiram o Boeing 737 ucraniano derrubado no Irã, informou o New York Times, ao publicar um vídeo de câmeras de segurança mostrando dois projéteis rasgando o céu antes de atingirem seu alvo.

Míssel Irã Boeing 737 Ukraine

Os mísseis foram disparados com cerca de 30 segundos de diferença e o fato ajudaria a explicar o mistério sobre o motivo pelo qual o transponder do avião não continuou funcionando: ele foi desativado pelo primeiro ataque, antes de ser atingido por um segundo, informou o Times.

O avião da Ukraine International Airlines foi derrubado logo após a decolagem na quarta-feira da semana passada, matando todos os 176 passageiros e tripulantes a bordo.

Teerã havia negado por dias as alegações ocidentais baseadas na inteligência americana de que o Boeing 737 havia sido derrubado por um míssil.

Tudo ficou claro no sábado, quando o comandante aeroespacial da Guarda Revolucionária Brigadeiro-General Amirali Hajizadeh reconheceu que um operador de mísseis confundiu o avião com um míssil de cruzeiro e abriu fogo de forma independente.

As imagens borradas mostram o avião pegando fogo, e a trajetória sugere que ele estaria tentando voltar para o aeroporto de Teerã, informou o Times. Instantes depois da sair da tela, ele incendiou-se no ar e caiu.

As imagens foram filmadas de um telhado em Bidkaneh, uma vila a seis quilômetros da área militar iraniana. Veja a seguir a gravação:

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.