Caminhão fica destruído em colisão com avião Airbus A321 na Rússia

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Caminhão destruído após o impacto com a aeronave – Imagem: breakingavnews

Um caminhão-tanque acabou bastante destruído após um acidente neste sábado, no qual colidiu com um avião Airbus A321 da companhia aérea Aeroflot no aeroporto de Sheremetyevo, em Moscou, Rússia.

As imagens que circulam pela internet nesta manhã mostram que o teto do caminhão ficou bastante amassado, com quase toda a cabine do motorista destruída, e estruturas de suporte às operações localizadas logo atrás da cabine também foram atingidas. Aparentemente, não houve dano significativo ao reservatório de combustível.

Pelos registros, nota-se que o nariz da aeronave sofreu importantes danos, que aparentam não ter ficado restritos apenas ao radome, mas também chegando ao início da seção frontal da fuselagem na lateral esquerda do Airbus A321.

Segundo reporta a mídia russa, o serviço de imprensa do aeroporto informou que o avião estava em um estacionamento remoto, sem tripulação ou passageiros a bordo. Os serviços de emergência declararam que o motorista do caminhão-tanque ficou ferido, porém, não há detalhes sobre a gravidade.

“O veículo e a aeronave estão danificados, mas não há vítimas. O evento não afetou o funcionamento do aeroporto…As circunstâncias e causas do evento estão sendo estabelecidas”, afirmou o serviço de imprensa de Sheremetyevo.

O acidente no aeroporto ocorreu às 5h49 deste dia 1º de agosto (11h49 do dia 31 de julho no horário de Brasília).

Conforme o nome de batismo S. Richter da aeronave, visível em uma das imagens, a aeronave envolvida no acidente foi o Airbus A321 de matrícula VP-BAX. Segundo dados do FlightRadar24, ele vinha sendo usado intensivamente em voos da Aeroflot nos últimos dias, e havia pousado às 4h27 no aeroporto de Sheremetyevo.

FlightRadar24 Voos A321 VP-BAX Aeroflot Colisão Caminhão
Histórico de voos do A321 até hoje – Imagem: FlightRadar24

Até a publicação desta matéria, cerca de 10 horas após a ocorrência, o VP-BAX permanece em solo em Moscou, e assim deve continuar até que os danos sejam avaliados e reparados.

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias