Capa do motor de Boeing 737 estoura em voo e passageiro flagra em vídeo

Capota United 737

Neste domingo, 29 de setembro, um Boeing 737-800 da United Airlines, operando o voo doméstico, estava a cerca de 10.000 pés (~3.300 metros) quando um grande pedaço da nacele (genericamente, a “capota”) do motor esquerdo se desprendeu e retorceu para trás, assustando os passageiros.

O voo UA293 da United havia acabado de decolar de Denver para Orlando, quando o incidente aconteceu. De acordo com dados do FlightAware, o voo decolou às 7h59 e circulou ao redor do aeroporto antes de pousar em segurança às 8h27.

Por haver retornado em tão pouco tempo, entende-se que não houve a necessidade de proceder com a queima do combustível. Não há registro de que o motor tenha sido desligado.

Um passageiro a bordo do Boeing capturou em vídeo o momento em que o avião voa com a nacele desprendida e balançando devido ao forte arrasto aerodinâmico.

A United Airlines divulgou uma declaração sobre o problema mecânico:

O voo 293 da United de Denver para Orlando retornou ao aeroporto devido a um problema mecânico de um dos motores. O voo pousou com segurança e taxiou para um portão onde os clientes desembarcaram normalmente. Os clientes partiram em uma aeronave diferente para Orlando.

Capota United 737

O que é a nacele (“capota”) do motor?

A nacele é um invólucro separado da fuselagem, que geralmente carrega os motores de uma aeronave. O revestimento é tipicamente aerodinâmico e tem como objetivo reduzir o arrasto do avião.

O principal desafio de design de qualquer módulo instalado em uma aeronave é a aerodinâmica. As naceles presas às asas quase sempre são montadas embaixo, pois esse é o lado de “alta pressão”. Isso significa que o fluxo de ar tem mais energia e, portanto, é menos propenso a se descolar da superfície da asa do que o fluxo do lado superior de “baixa pressão”.

Obviamente, “capota” é apenas um termo genérico para ajudar com que os mais leigos entendam o que houve com o voo.

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.