Catorze passageiros de um mesmo voo banidos após caos generalizado a bordo

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

A Alaska Airlines cedeu à pressão e decidiu banir permanentemente 14 passageiros sem máscara e perturbadores que voaram de Washington DC a Seattle na quinta-feira (7), após os protestos violentos que viram uma multidão invadir e sitiar o Capitólio, onde se reúne o Congresso dos Estados Unidos.

Com a decisão, os passageiros foram colocados em uma lista de exclusão, com pouca ou nenhuma chance serem autorizados a voar com a Alaska Airlines novamente.

O Independent relata que, em comunicado, um porta-voz da companhia aérea sediada em Seattle disse que o comportamento de alguns dos passageiros no voo era “inaceitável” e que a Alaska Airlines “não toleraria qualquer perturbação a bordo de uma aeronave ou em qualquer um dos aeroportos que serve”.

Testemunhas afirmam que pelo menos 14 passageiros se recusaram a usar máscaras durante a maior parte do voo, tornaram-se turbulentos e argumentativos e importunaram comissários de bordo que estavam trabalhando para manter o voo seguro.

Um porta-voz do departamento de polícia do Porto de Seattle disse que os policiais foram colocados em espera para receber o avião envolvido no incidente, mas nenhuma ação foi tomada de imediato.

O Comitê de Segurança Interna da Câmara pediu à TSA e ao FBI que colocassem qualquer pessoa que fosse identificada como envolvida na invasão do edifício do Capitólio em uma lista de proibição de voo, que os impediria de viajar em qualquer companhia aérea.

Também houve cenas desagradáveis ​​em vários voos da American Airlines para a capital, o que levou a companhia aérea a proibir o serviço de álcool em voos de e para Washington DC antes da posse presidencial em 20 de janeiro. A companhia aérea também disse que estava colocando recursos extras em aeroportos de todo o país para eliminar os problemas.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias