Cayman Airways recebe seu primeiro Boeing 737 MAX

A Boeing e a Air Lease Corporation entregaram na última sexta-feria o primeiro 737 MAX 8 da Cayman Airways. O primeiro 737 MAX a entrar em serviço no Caribe marca o início dos planos da companhia para modernizar sua frota e expandir sua rede.




Avião Boeing 737 MAX 8 Cayman Airways

737 MAX 8 da Cayman Airways – Imagem: Boeing

A Cayman Airways planeja receber quatro aviões MAX 8 para substituir sua frota de 737 Classics. “A versatilidade do 737 MAX abre o potencial para explorarmos vários novos mercados dentro das Américas”, disse o presidente e CEO da Cayman Airways, Fabian Whorms.

Em comparação com o 737-300, o MAX 8 oferece capacidade de assento 30% maior e uma melhoria de mais de 30% na eficiência de combustível por assento. O MAX atinge estes níveis de desempenho com os motores CFAP International LEAP-1B de última geração, winglets de tecnologia avançada e outros aprimoramentos de estrutura.

“Estamos muito satisfeitos em abrir um novo capítulo em nossa parceria com a Cayman Airways e a Air Lease, e trazer o 737 MAX para o Caribe”, disse Ihssane Mounir, vice-presidente sênior de Vendas Comerciais e Marketing da Boeing. “O 737 MAX ajudará a Cayman a obter uma melhora significativa no desempenho e nos custos operacionais, ao mesmo tempo em que proporciona uma experiência de voo ainda melhor para seus passageiros.”

Para se preparar para o novo 737 MAX, a Cayman Airways treinará pilotos no campus de treinamento da Boeing Global Services em Miami. Sob este acordo, Cayman usa os simuladores da Boeing para toda a sua frota de 737, incluindo 737 Classics e 737 Next-Generation.

A família 737 MAX é a que mais vende na história da Boeing, acumulando cerca de 4.800 pedidos de mais de 100 clientes em todo o mundo. A Boeing já entregou mais de 200 aviões 737 MAX desde maio de 2017.

 
Informações pela Boeing.
 




Após acidente, Boeing planeja update de software no 737 MAX

Boeing divulga imagens do incrível interior do 737 MAX executivo!

Confira imagens do 32º simulado de emergência do GRU Airport

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.