CEO da Avianca: “Senhores, a Avianca está quebrada”

O antigo dono da TACA e hoje CEO da Avianca Holdings (Colômbia), Roberto Kriete, foi enfático ao dizer para empregados sobre a situação da companhia: “está quebrada”.

Apesar das palavras fortes e claras, o CEO destaca o que já falamos aqui anteriormente: a companhia não está pagando lessores e credores, está tentando renegociar dívidas e ganhar tempo.

Ainda segundo Kriete, que hoje detém 14% da aérea através da Kingsland, os credores não irão esperar para sempre e a companhia tem um prazo de quatro meses para fazer as mudanças necessárias e colocar a empresa de volta aos trilhos.

Kriete tomou o controle da empresa após a United Airlines tirar Germán Efromovich do conselho da companhia devido a uma dívida. Desde então, a empresa tem passado por um processo interno de recuperação com corte de rotas, cancelamento de encomendas de aviões.

Roberto Kriete “divide” o posto de CEO enquanto Anko van der Werff, ex-KLM, está se integrando na empresa para assumir o cargo.

O alerta vem logo após a empresa admitir possibilidade de falência, cortar voos para Bolívia e investigar corrupção de membros do governo americano envolvendo seu benefício passagem.

Com informações do Colombia Al Aire

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Jumbo Boeing 747 da Cargolux pousa em BH com 3 milhões...

0
O Terminal de Cargas do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, recebeu na última sexta-feira (25) mais um voo cargueiro com milhões de doses