Início Estudos e Pesquisas Cérebro de pilotos de avião funciona de maneira diferente, aponta estudo

Cérebro de pilotos de avião funciona de maneira diferente, aponta estudo

Um estudo feito na China revela que as conexões neurais de um cérebro de um piloto são feitas de maneira diferente de outras pessoas.

Divulgação – EasyJet

A pesquisa foi conduzida pelos chineses Xi Chen, Quanchuan Wang, Cheng Luo, Yong Yang, Hao Jiang, Xiangmei Guo, Xipeng Chen, Jiazhong Yang e Kaijun Xu, vindo a ser publicada na revista científica Plos One. O estudo examinou interações e sincronizações entre diferentes partes do cérebro, e concluiu que os pilotos têm uma flexibilidade cognitiva maior que as outras pessoas.

“A aviação civil tem uma carreira distinta. Os pilotos trabalham em um ambiente complexo, com informações dinâmicas. Eles têm que estar cientes de todas as informações deste ambiente, reconhecendo o seu significado e importância”, afirma o estudo.

A pesquisa foi feita com ajuda de aparelhos de ressonância magnética em 26 pilotos e 24 pessoas que não trabalham na área. Nos pilotos foi notada uma conexão menor dentro da rede central neural e mais entre esta parte central e as periféricas.

Curiosamente, o modo de funcionamento das conexões remete à estratégia de hub das companhias aéreas, que concentram os voos num local só vindo de várias localidades, e dali os passageiros se conectam para outras pontas.

No caso dos pilotos, funciona desta maneira pela quantidade de informação que é recebida de diversas fontes, e o aviador deve classificá-las e priorizá-las de acordo com a sua importância. E isto é feito a todo momento na cabine de comando. Dessa forma, é como se o cérebro também formasse um hub, por isso a comparação.

Isto pode ser visto na prática: pilotos costumam a ter uma linha de raciocínio um pouco diferente, avaliando riscos antes de agir, mesmo fora da cabine.

O estudo completo, com metodologia e detalhes científicos, pode ser acessado aqui.

Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A