Cinegrafista come terra após o gigante Airbus A380 partir do deserto

A bonita partida de um gigante Airbus A380, o maior avião de transporte de passageiros do mundo, que deixou o deserto nesta semana após longo período de estocagem, gerou uma enorme nuvem de terra que foi registrada (e experimentada!) por um cinegrafista que filmou o momento.

Como vimos durante a semana, o Airbus A380 registrado sob a matrícula 9V-SKW, da Singapore Airlines, foi tirado do aeroporto de Alice Springs, em região desértica da Austrália, após ter sido lá colocado no início da pandemia da Covid-19 devido à crise aérea. Regiões secas são mais adequadas para a estocagem de aviões, pois a condição reduz a ocorrência de problemas causados por umidade.

O vídeo a seguir mostra um sobrevoo ao local em setembro do ano passado, quando muitos aviões estavam lá estocados:

Como vimos dias atrás, a decolagem do A380 se deu na quarta-feira, dia 28 de julho, com destino a Sydney, também na Austrália, onde o grande avião passou por procedimentos de manutenção antes de prosseguir com o voo mais longo até a base da Singapore Airlines em Singapura.

E como o aeroporto de Alice Springs possui pista relativamente estreita, como se nota no vídeo acima, a grande distância dos motores externos do enorme jato de passageiros faz com que estes fiquem além dos limites laterais do pavimento, soprando muita terra durante a elevação do nariz para a decolagem.

Como se vê no vídeo a seguir, a nuvem de terra e sujeira rapidamente se levanta após a passagem do A380 e é levada pelo vento em direção ao cinegrafista e aos outros funcionários de solo que por ali estavam. Depois da passagem da nuvem, ouve-se ele cuspindo a sujeira que acabou ingerindo ao gritar para comemorar a visão do enorme avião decolando bem na sua frente:

Caso o vídeo acima não carregue em seu dispositivo, clique aqui para acessá-lo diretamente no Facebook do autor.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias