Avião Douglas DC-8 com mais de 50 anos está ajudando no combate ao vírus na Itália

Um quadrijato clássico do modelo Douglas DC-8, com mais de 50 anos de idade, decolou para a Itália a fim de ajudar o país a combater a pandemia do novo Coronavírus. Conheça mais sobre ele.

Douglas DC-8

O clássico avião é de propriedade da Samaritan’s Purse, uma entidade evangélica sem fins lucrativos que ajuda pessoas em todo o mundo, principalmente em casos de desastre humanitário. E agora, com a pandemia do Coronavírus, não foi diferente.

A entidade, que possui dois clássicos em sua pequena frota, sendo um Douglas DC-3 e um DC-8, enviou um hospital de campanha especializado com 68 camas com respiradores.

“Nós estamos indo para a Itália para ajudar no tratamento que salvará vidas de pessoas que estão sofrendo. Existe muito medo e pânico pelo mundo, mas acreditamos no controle de Deus. Continuaremos orando por todos que estão afetados por esta crise global e para o time médico que está lidando com ela”, afirma o presidente da entidade, Franklin Graham.

A unidade hospitalar será montada em Cremona, distante 80 km de Milão, sendo que ambas cidades estão na Lombardia, região mais atingida pela pandemia. Se você quiser ajudar esta causa tão nobre, clique aqui para doar.

Todo o carregamento de 20 toneladas deste hospital de campanha foi colocado no DC-8-60, que tem 51 anos de idade, e que tem uma bonita história, tendo operado pela Finnair, pela Força Aérea Francesa e pela ATI – Air Transport International.

Originalmente, o jato possuía motores Pratt & Whitney JT3-D, os quais foram trocados pela Força Aérea Francesa, que instalou os maiores e mais poderosos CFM-56, o mesmo modelo que impulsiona os populares jatos Boeing 737 e Airbus A320ceo. Após essa transformação, o DC-80 ganhou a designação Super 70, que são os DC-8 equipados com a nova motorização da CFM.

Esta versão re-motorizada é bem conhecida aqui no Brasil, já que empresas como VASP e BETA Cargo o utilizavam. Por sua vez, a versão original com os menores motores da P&W voaram pela VARIG, TCB, Skymaster e Panair do Brasil.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos

Comentários estão fechados.