Com aviões Embraer, Amaszonas estreia voos para São Paulo nesta segunda

Avião Amaszonas Bolívia Embraer 190

A Amaszonas, companhia aérea privada boliviana que tem também uma filial no Uruguai, estreia nessa segunda-feira (21) sua ligação regular entre a Bolívia e o Brasil. O início das operações foi postergado algumas vezes devido à pandemia.

Antes da parada nas ligações com o Brasil devido ao coronavírus, em março, a Amaszonas voava regularmente entre Santa Cruz e os aeroportos de Foz do Iguaçu e Rio de Janeiro/Galeão. De lá para cá, apenas alguns voos não regulares ocorreram para repatriação de pessoas.

Quando serão os voos

Segundo programação aprovada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), o reinício das operações regulares no Brasil, no inédito destino paulista, ocorrerá com frequência de 2 voos semanais em setembro, às segundas e quintas-feiras, passando a 4 por semana em outubro, às segundas, quartas, quintas e sextas, e diário em novembro.

Em setembro e outubro: O voo de número Z8-430 pousa em Guarulhos sempre às 13:40, e decola uma hora depois, às 14:40, horários de Brasília, no voo de número Z8-431 de volta a Santa Cruz de la Sierra. Todas as operações ocorrerão com jatos Embraer 190.

Em Novembro: a previsão é que a rota passe a ser diária e com mudança de horários. Pouso no GRU Airport às 15:55 e decolagem às 16:50.

Enquanto isso, a filial uruguaia segue voando aos sábados entre Montevidéu e Guarulhos, também com aviões Embraer 190, pousando às 15:00 e decolando às 19:00, horários de Brasília.

Até o momento, a Amaszonas ainda não divulgou previsão de retorno dos voos de Foz e do Rio de Janeiro, mas é possível que eles aconteçam na temporada de verão, conforme a demanda e a evolução da pandemia.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Sideral usará Boeing 737-300 em mais um resgate de refugiados venezuelanos

0
Está programado para a manhã desta quarta-feira, mais um voo especial da empresa Sideral Linhas Aéreas com o objetivo de resgatar refugiados