Cobras invadem aeroportos e fazem vítimas no Paquistão; aeroportuários estão com medo

Aeroporto de Karachi. Imagem: A.Savin

O aumento de casos de cobras nos aeroportos do Paquistão tem causado sérios problemas para os profissionais que atuam nos terminais do país. No último domingo, 20, um homem morreu após ser picado por uma cobra enquanto trabalhava no pátio de aeronaves do Aeroporto de Karachi.

O oficial de segurança Muhammad Nadee foi picado enquanto trabalhava no pátio do Jinnah International – Karachi Airport, localizado na cidade mais populosa do Paquistão. De acordo com o jornal paquistanês, Daily Times, em sua versão em inglês, a vítima chegou a ser socorrida, mas morreu no hospital poucas horas depois.

Segundo declarações colhidas pelo jornal, o caso mostra que a existência de cobras venenosas não é um caso raro nos aeroportos do país asiático onde têm aumentado os avistamentos e acidentes com o réptil.

Recentemente, uma cobra peçonhenta foi encontrada no Aeroporto Internacional de Islamabad, capital do país. Na ocasião, o animal foi visto perto das rodas de um jato executivo. Agentes da Civil Aviation Authorities (CAA), que administra o aeroporto, recolheram a cobra sem incidentes mais graves. Os profissionais do aeroporto, contudo, declararam ao jornal que outros casos semelhantes têm ocorrido.

Aeroporto de Islamabad, onde cobras foram avistadas . IMAGEM: Waqas.usman

Em junho, outro de caso de cobra próximo a aeronaves causou pânico entre os funcionários do Aeroporto de Islamabad, segundo informações da emissora local, Dunya TV.

Equipes de segurança foram mobilizadas para controlar o bicho. De acordo  com outro canal de TV, o 24News , também houve denúncias de aparecimento recente de cobras no aeroporto de Lahore, no norte do país. Que o caso seja logo controlado para que “Serpentes a Bordo” continue apenas um filme tosco, sem conexão com a realidade.

Fabio Farias
Jornalista e curioso por natureza. Passou um terço da vida entre aeroportos e aviões. Segue a aviação e é seguido por ela.

Veja outras histórias