Com venda de 36 A321neo, Airbus ganha novo cliente que voava apenas Boeing

Avião Airbus A321neo
A321neo – Imagem: Airbus

A Airbus informa hoje que a britânica Jet2.com fez um pedido inicial de 36 jatos A321neo, tornando a companhia aérea com sede em Leeds, Reino Unido, um novo cliente da Airbus e uma nova operadora da família Airbus A320neo. A seleção do motor será feita posteriormente.

A Jet2 é conhecida por operar uma frota de mais de 70 aviões das famílias 737 e 757 da Boeing, mas, cerca de 1 mês atrás, estava avaliando uma nova compra de aviões que já se cogitava serem da Airbus, pois a companhia estava testando um A321 alugado para avaliar o modelo.

Philip Meeson, presidente executivo da companhia, disse: “A Jet2.com terá orgulho de operar o Airbus A321neo nos próximos anos. Esta aeronave é, em nossa opinião, a aeronave mais eficiente e ecologicamente correta em sua classe hoje – ela proporcionará aos nossos clientes uma experiência muito confortável e agradável enquanto viajam conosco para seu merecido Jet2holiday.”

A aeronave será configurada para 232 assentos com uma cabine Airspace com iluminação inovadora, nova tecnologia de assentos e 60% mais espaço de bagageiros superiores para armazenamento pessoal.

Concepção gráfica do A321neo da Jet2 – Imagem: Airbus

“Saudamos muito a decisão da Jet2.com. Por tradicionalmente ter operado aeronaves não fly-by-wire, notamos com grande satisfação que depois de testar alguns A321s alugados e executar uma avaliação abrangente, a Jet2.com está olhando para o futuro e investindo em aeronaves fly-by-wire modernas. Este é um testemunho da visão da Jet2.com de eficiência, qualidade, desempenho e voo ecologicamente correto”, disse Christian Scherer, Diretor Comercial e Diretor da Airbus International.

Até o final de julho de 2021, a família A320neo tinha mais de 7.400 pedidos firmes de mais de 120 clientes em todo o mundo.

Informações da Airbus

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias