Com fumaça a bordo, pilotos de Boeing 737 da Gol retornam ao aeroporto de onde partiram

Boeing 737-800 da Gol

A Gol Linhas Aéeas reportou ao Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) que, na última terça-feira, 19 de outubro, teve um incidente envolvendo uma de suas aeronaves. O evento ocorreu com o Boeing 737-800, registrado sob a matrícula PR-GXT que estava realizando o voo regular G3-1603, de Porto Seguro para Guarulhos.

De acordo com informações, a aeronave decolou do Aeroporto Internacional de Porto Seguro às 11h15 com 179 passageiros e 7 tripulantes. Entretanto, logo após a decolagem, na fase de subida, os pilotos se depararam com fumaça dentro do cockpit. Sem declarar emergência, decidiram retornar ao aeroporto de origem.

Dados obtidos através do RadarBox mostram a trajetória da aeronave após a decolagem, e a curva realizada a 1.750 pés de altitude (500 metros) antes de retornar ao pouso no aeroporto.

Trajetória da aeronave envolvida no incidente – Imagem: RadarBox

A aeronave pousou em segurança e sem intercorrências cerca de 15 minutos após a decolagem. Todos os passageiros desembarcaram normalmente e a aeronave não teve danos. Até o momento da publicação desta matéria, a aeronave permanece em solo de Porto Seguro.

Um segundo Boeing 737-800, de matrícula PR-GXJ, substituiu a aeronave e decolou às 17h42 para levar os passageiros até seu destino.

Leia mais:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias