Com pintura da Cargo B, Jumbo chama atenção em Manaus em pouso incomum

Imagem do vídeo que você assiste logo abaixo nesta matéria

A aeronave tem as cores de outra empresa, mas o voo é da mesma companhia de sempre, portanto, o resultado esperado não poderia ser outro. A moldava Fly Pro, que já ficou conhecida por efetuar voos frequentes ao Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP) nos quais o piloto do Boeing 747 mantém o nariz elevado por longo tempo após o pouso, fez hoje mais uma operação a Manaus.

E ao chegar ao Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, na capital amazonense, o avião Jumbo nas cores da belga Cargo B (porém com o B apagado, após ter sido temporariamente fretado pela companhia) também fez o pouso incomum no qual mantém o trem dianteiro fora do solo por mais tempo do que o normalmente visto, gerando o belo vídeo que você vê abaixo nesta matéria.

Pousando no Brasil no início da manhã desta quinta-feira, 2 de setembro, o voo de número PVV-8752 partiu do Vietnã no dia 30 de agosto e fez paradas no Sri Lanka, na Arábia Saudita e na Guiné, sendo operado pelo jato registrado sob a matrícula ER-BAR, um dos poucos Boeings 747-200F que ainda voam no mundo.

O registro da bonita chegada com o nariz elevado por mais tempo do que o usual foi feito e divulgado pelo canal “Plane Spotting Manaus HD” no YouTube, conforme você acompanha a seguir. Vale a pena conferir não somente o pouso em si, mas também a passagem do enorme e bonito Jumbo próximo ao pátio dos aviões de passageiros do Eduardo Gomes:

Segundo fontes informaram ao AEROIN, o interior do grande jato que você viu na gravação acima veio ocupado por uma carga de 100 toneladas de eletrônicos provenientes do Vietnã para entrega na Zona Franca de Manaus.

Tal peso é bem próximo da capacidade deste modelo do Jumbo, que poderia voar com cargas de até cerca de 110 toneladas, como comumente as empresas cargueiras oferecem.

Segundo a programação de voo aprovada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), a previsão de decolagem do Boeing 747-200F é para 04h00 (horário de Brasília) da madrugada da sexta-feira, 3 de setembro.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias