Comandante de avião sobrevive após 243 dias em hospital lutando contra a Covid

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Foto: UT Health via The Times

Um comandante da British Airways que adoeceu com Covid-19 em março de 2020, enquanto estava em Houston, no Texas, passou um recorde de 243 dias no hospital, mas conseguiu se livrar do vírus e acabou recebendo alta pouco antes do Natal. A história de Nicholas Synnott, 59, foi contada pela mídia britânica e mostra que pode haver esperança até nos casos mais graves da doença.

Embora o comandante tenha se recusado a dar uma entrevista, o hospital UT Health compartilhou imagens e detalhes do tratamento de Synott, comentando que ele teve insuficiência respiratória e foi colocado em um respirador.

Esposa de Synott, Nicola passava todos os dias ao lado da cama dele enquanto ele se recuperava. Ele disse que o apoio de sua esposa e a ideia de voltar para os filhos o ajudaram a combater o vírus. “Foi uma jornada difícil, mas chegamos onde estamos”, disse o Sr. Synnott ao deixar o Hospital UT Health and Memorial Hermann. “Passei por uma fase sombria em que, psicologicamente, passei por problemas com os quais tive que lidar”, continuou ele.

“Cada órgão de seu corpo foi afetado pelo Covid-19”, explicou o Dr. Biswajit Kar, um cardiologista que tratou do Sr. Synnott. “Como sua saúde era boa antes da doença, ele pôde sustentar tudo isso e sobreviver a algo tão sério”.

O Dr. Bindu Akkanti, entretanto, disse que sua equipe médica temia o pior em alguns momentos durante a permanência do piloto no hospital. Dado o enorme número de medicamentos e os problemas em múltiplos órgãos, a equipe chegou a perder a esperança.

Mas tudo deu certo. Synott agora continua sua recuperação na Inglaterra, mas diz que espera voltar a Houston para agradecer mais uma vez à equipe médica que o tratou e também para visitar o zoológico que ele pôde ver da janela de seu quarto de hospital.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

GRU Airport alerta sobre os riscos de acidentes com balões e...

0
Houve casos em que o balão em chamas chegou muito próximo da rede de abastecimento de combustível do aeroporto.