Comidas de bordo dos aviões da KLM serão produzidas por robôs

Aviões Embraer E175 E190 KLM Cityhopper
Imagem: KLM

No final da semana passada, o presidente e CEO da KLM, Pieter Elbers, ativou oficialmente o novo robô para a produção de refeições da World Business Class na KLM Catering Services (KCS). A KCS é a única empresa no mundo a colocar esse robô em operação.

O novo sistema de robôs reduzirá os custos de manuseio e facilitará os ajustes da bandeja de refeição. Isso servirá para reduzir os custos de produção e, ao mesmo tempo, aumentar a flexibilidade, facilitando o atendimento a uma ampla variedade de produtos em diferentes tipos de bandejas. Também será possível atender com eficiência a diversos pedidos especiais. A taxa de produção também dobrará em relação ao sistema anterior, ou seja, para 30.000 refeições por dia.

O novo robô foi colocado em operação na KCS e nos ajudará a enfrentar o cenário imposto pela Covid-19. Jamais poderíamos imaginar a situação difícil de hoje, na época em que a decisão foi tomada há alguns anos. Essa representa uma grande inovação e investimento no futuro. No entanto, estou satisfeito por termos dado esse passo. Afinal, devemos continuar a inovar e olhar para o futuro – especialmente agora“, disse Pieter Elbers, presidente e CEO da KLM.

“É importante continuar inovando e investindo, mesmo nesses tempos difíceis. Essa iniciativa serve para aumentar a qualidade de nossos produtos. Estou muito orgulhoso que a KCS seja a única empresa de catering no mundo a aplicar tal mecanização“, completou Maarten Stienen – Diretor Executivo da KCS.

Presidente da KLM ativa o sistema robotizado
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias