Comissária teria aceitado suborno para não obrigar uso de máscara a bordo

Com os mandatos de obrigatoriedade de máscaras por parte de passageiros a bordo, uma comissária de bordo está sendo acusada de ter recebido dinheiro para não obrigar o uso das máscaras durante o voo.

O caso aconteceu na última segunda-feira, dia 13 de setembro, com uma comissária a bordo da companhia americana Mesa Airlines, prestadora de serviços da United Express, subsidiária regional da United Airlines. Tudo se deu no voo de número UA-6063, que seguia de Charleston, na Carolina do Sul, para Houston, no Texas.

Avião Embraer ERJ-145 CommutAir United Express
Embraer ERJ-145 da United Express – Imagem: Adam Moreira / CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Conforme informações do Paddle Your Own Kanoo, uma passageira que estava a bordo afirmou ter flagrado o momento em que uma mulher entregou o que parecia ser dinheiro, para que a tripulante, identificada como Elizabeth, não obrigasse o uso de máscara durante todo o voo, na primeira classe.

A passageira chegou a fotografar o momento do suposto suborno e resolveu denunciar o caso publicando o registro em sua conta no Twitter. Na primeira foto a seguir você vê a comissária recebendo o dinheiro, e na segunda, as passageiras passando todo o voo sem as máscaras de proteção facial:

A denunciante relatou ainda que a comissária em questão deu atendimento especial e ainda ofereceu vinho para as passageiras. Tanto o álcool quanto o não uso de máscaras foram os maiores causadores de confusões a bordo de aeronaves nos Estados Unidos.

Ao final da mensagem, a passageira deixou um questionamento à United sobre o que a companhia tem a dizer sobre a situação. A empresa respondeu que analisaria com atenção.

Na semana passada, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, estava em discurso sobre novas medidas para vacinação para colaboradores federais, quando, diante da oportunidade, anunciou o enrijecimento das regras sobre o uso de máscaras a bordo de aeronaves e similares, além do aumento das multas para o descumprimento.

Além disso o Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos anunciou que o mandato sobre o uso de máscaras a bordo foi prorrogado até o dia 18 de janeiro de 2022.

Leia mais:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias

Chega à sua nova casa no Rio Grande do Sul o...

0
Uma longa jornada não apenas em distância, mas também de acontecimentos, porque tudo estava pronto em fevereiro até que uma "novela" começou.