Início Variedades No avião, comissário faz anúncio ameaçando prisão perpétua a quem não por...

No avião, comissário faz anúncio ameaçando prisão perpétua a quem não por a máscara

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Um comissário americano causou polêmica ao ameaçar passageiros de prisão perpétua caso não usassem máscara e afirmando ser oficial do governo.

O caso aconteceu num voo da Spirit Airlines, em data e rota ainda não confirmados. Nele, um comissário faz o anúncio de boas-vindas de maneira inusitada, em um tom um pouco ameaçador.

Ele primeiro começa falando sobre pedidos repetidos para que algum passageiro use a máscara: “Assim que as portas forem fechadas e tivermos que pedir para você mais de uma vez para cobrir seu nariz, boca ou colocar sua máscara, não seremos rudes, não seremos desagradáveis, simplesmente iremos pegar o número do seu assento e seu nome, e assim que pousarmos você será preso ou multado, e colocado numa lista negra, proibindo você de voar por qualquer companhia aérea pelo resto de sua vida”.

Confira abaixo o vídeo na íntegra (aguarde carregar, caso não apareça imediatamente):

Realmente (nos EUA) a pessoa pode ser expulsar da aeronave e detida por não cooperar com a companhia aérea ao não usar a máscara ou seguir outro item previsto no contrato de prestação de serviço, o qual ela assinou na hora da compra da passagem aérea.

Mas isso deve ser feito após uma ordem do Comandante, e assim que possível, e não após a aeronave ter pousado no destino. Diversos casos recentes mostram passageiros sendo expulsos antes da decolagem do avião, ou causando pousos alternados para sua retirada.

Outro ponto a destacar é que apesar de o banimento ser legal, ele se limita à companhia aérea onde ocorreu o fato, já que, por exemplo, a Spirit Airlines não tem autoridade sobre a Delta Air Lines.

O comissário continua com seu aviso, afirmando: “estou falando isso porque normalmente sempre tem uma pessoa (que não coloca a máscara) e não quero fazer uma papelada extra a não ser a prevista para o meu trabalho. Então se você não concorda, você pode sair agora”.

“Também não sei o que está acontecendo nestes vídeos virais de passageiros atacando uns aos outros ou atacando comissários, deixe eu te lembrar, nós somos oficiais do governo e esta é uma propriedade governamental. Se você escolher agir fora do previsto nesta aeronave, você será preso e condenado por 20 anos de prisão, também recebendo uma multa de $250 mil dólares”, afirma o tripulante, mesmo não tendo base legal para tal afirmação.

A parte mais grave, entretanto, está no final, quando ele afirma que “se uma arma for usada, você terá prisão perpétua. Então, antes de alguma pessoa ser engraçadinha, fazer palhaçada, ser mal ou pagar de super-herói, é melhor saber o que vai acontecer”.

Por fim ele revela seu nome, Mario, e afirma que se houver qualquer coisa que eles possam fazer para deixar o voo mais agradável no dia, os passageiros podem contactar um dos tripulantes.

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A