Companhia aérea cobrará multa diária de funcionários que não tomarem a vacina da Covid

Foto Curimedia, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons

A partir de agora, os funcionários da Pakistan International Airlines (PIA) que não quiserem tomar a vacina contra Covid-19 serão punidos. A medida foi tomada depois que a companhia aérea percebeu que muitos dos seus membros recusam-se a vacinar-se, reportou o AryNews.

Por seu lado, a empresa se mostrou preocupada que sua equipe seja um vetor e espalhe a variante Delta, altamente contagiosa, que atualmente se alastra pelo país. Assim, a companhia advertiu seus funcionários que cobrará uma multa de cerca de US$ 4 por dia dos funcionários não vacinados, enquanto outros funcionários, incluindo gerentes da companhia aérea, seriam multados em US$ 7 por dia.

A transportadora aérea solicitou que a equipe fosse vacinada contra o vírus até 13 de agosto de 2021, para escapar das multas diárias. 

A medida foi tomada em meio à observação de taxas crescentes de infecção por Covid-19 no Paquistão. Segundo dados do Instituto Nacional de Saúde, metade dos casos positivos diários no país são causados ​​pela nova cepa. Em 10 de agosto de 2021, o país relatou 4.856 novos casos de vírus e 81 novas mortes por dia, elevando o número total de pessoas infectadas para 1,08 milhões com 24.085 mortes.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias