Companhia aérea oferece descontos e tratamento VIP a quem comprar suas ações

Já pensou em comprar ações de uma empresa e receber, além dos dividendos, um alto status no programa de milhagem, passagem bônus e descontos?

Pois isto é possível ao adquirir algumas milhares de ações da Scandinavian Airlines System, ou simplesmente SAS. A principal companhia da Escandinávia abriu seu programa de acionistas com benefícios que vão muito além dos dividendos.

O requisito é até bem simples: ser acionista da empresa com um mínimo de 4 mil ações. No fechamento da bolsa de Estocolmo na última sexta, cada ação da empresa estava avaliada em $2,33 coroas suecas, equivalente a R$1,49 por ação. Logo, para entrar no programa da SAS é necessário desembolsar ao menos R$5.960.

Com este número mínimo de ações, o investidor terá acesso ao programa SAS Friends & Family, que dá grandes descontos duas ou três vezes por ano. Já se o viajante quiser ter o status Gold no programa EuroBonus da companhia, que dá o status Star Alliance Gold, com acesso à salas VIPs, upgrades gratuitos e muito mais, será necessário desembolsar ao menos R$149 mil, equivalente a 100 mil ações da empresa.

Caso você seja milionário, com 1 milhão de ações (R$1.490.000) você terá o status Diamante no EuroBonus, ganhando também milhares de milhas que podem ser trocadas por passagens.

Todo este programa foi feito visando atrair não viajantes, mas mais investidores individuais para a empresa. O prazo para inscrição no programa se encerra em novembro e os interessados podem se inscrever no site da empresa.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Avião Airbus A321 VietJet

Passageiro é preso ao ‘rogar praga’ em voo

0
O passageiro instatisfeito com o atendimento fez um comentário ofensivo e foi preso por violar clausulas de segurança de voo.