Companhia oferece experiência gastronômica em um B777 no pátio do aeroporto

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Para superar e aliviar os prejuízos causados pela crise pandêmica da COVID19, companhias aéreas têm inovado cada vez mais para conseguir rendar extras, como é o caso de uma das maiores companhias aéreas do Japão.

Boeing 777-300ER - All Nippon Airways
Imagem: Kentaro Iemoto / CC BY-SA 2.0, via Wikimedia Commons

A companhia aérea japonesa All Nippon Airways (ANA) está oferendo aos seus clientes um jantar de luxo a bordo de um de seus Boeings 777-300ER, que estão estacionados no pátio no Aeroporto Internacional de Tóquio.

Para quem quiser desfrutar dessa experiência gastronômica a bordo do Boeing da companhia chamado de “restaurante com asas”, poderá optar por um assento na primeira classe, onde o cliente terá que pagar de 59,8 mil ienes, cerca de R$3.000 reais ou então uma versão mais em conta, na classe executiva, que custa em torno de 29,8 mil ienes, cerca de R$ 1.515 reais.

De acordo com o The Guardian, as pessoas que escolherem uma das duas classe para poder desfrutar do jantar, deverão escolher o menu japonês ou internacional com antecedência, onde as opções de pratos são sablefish grelhado com saikyo miso, bife cozido e tofu; o caríssimo bife wagyu com mostarda de vinho Kobe e robalo salteado e bisque de marisco, servido com saquê japonês, vinho de ameixa ou champanhe Krug.

Segundo a companhia será oferecido por onze dias no mês de abril, 22 refeições entre almoços e jantares, que duram cerca de três horas, porém sem entretenimento a bordo. Quem comprar uma das refeições também terá acesso ao lounge da companhia aérea no terminal doméstico do Aeroporto Internacional de Tóquio.

O projeto intitulado de “restaurante com asas” foi idealizado por colaboradores da companhia que queriam fazer uso das aeronaves que estão estacionadas no aeroporto devido às restrições de viagens por conta da pandemia.

A primeira companhia aérea que começou a oferecer uma experiência gastronômica com aeronaves em solo foi a Singapore Airlines, que oferecia um restaurante temporários a bordo de dois superjumbos Airbus A380 estacionados no aeroporto de Changi.

Além da Singapore, a Finnair começou a vender refeições prontas inspiradas nos serviços da Classe Executiva em um supermercado na cidade de Vantaa, Finlândia e mais recentemente, a British Airways lançou entregas a domicílio de menus da Primeira Classe de seus voos.

Relembre algumas companhias que se reinventaram na pandemia com experiências gastronômicas:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias