Embraer emite comunicado sobre o acidente do E190 da Aeroméxico

Após o acidente ocorrido na noite desta terça-feira, 31 de julho, com um Embraer E190 da companhia Aeroméxico, matrícula XA-GAL, durante a decolagem do aeroporto mexicano de Durango, a Embraer emitiu um comunicado, ainda no final da noite da terça-feira, falando a respeito do ocorrido, da aeronave e da ação inicial da fabricante em relação ao acidente.




Comunicado Embraer

“A Embraer lamenta o acidente ocorrido com uma aeronave E190 operada pela companhia aérea Aeroméxico, voo AM2431, no fim da tarde de hoje, durante a decolagem do Aeroporto Internacional de Guadalupe Victoria, na cidade de Durango, com destino à Cidade do México. A aeronave número de série 190-173 foi entregue em maio de 2008.

A Empresa já se colocou à disposição das autoridades aeronáuticas para auxiliar nas investigações e uma equipe de técnicos da Embraer prepara-se para deslocar-se para o local do acidente.”

Apesar do estado final de destruição da aeronave, não houve mortes entre os 97 passageiros e 4 tripulantes que estavam a bordo, embora ainda haja algumas pessoas internadas em estado grave. O acidente não foi uma queda após a decolagem, como afirmam diversos sites de notícia. Ocorreu ainda em solo, durante uma ação de rejeição de decolagem, e as condições climáticas podem ter influenciado, uma vez que chovia forte com ocorrência de granizo.

Segundo informações do The Aviation Herald, testemunhas reportaram que houve falha de um dos motores durante a corrida de decolagem. A aeronave teria inicialmente saído na lateral esquerda da pista (ambos os motores foram perdidos nesta posição), arrastando-se então por uma grande distância além do final da pista.

Imagem: The Aviation Herald / Google Earth




No vídeo a seguir, gravado no sentido contrário ao da decolagem da aeronave, é possível ver os dois motores na lateral da pista.

 

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.